Pips: Ferro alisador e como (bem) usá-lo! I

22

Mar

Camila Bento

Sem categoria

Hi belezas! Resolvi fazer um artigo sobre o uso de ferro alisador, ou de placas, porque mais do que uma questão de ficarmos bem, é uma questão de o fazermos bem!

Mais que tudo, nem tudo o cabelo pode ( ou não devia) ser sujeitado ao ferro! Não te esqueças que vais sujeitar o teu cabelo a um ‘stress’ de styling desnecessário, a um elevado grau de calor! Sempre que pensares usá-lo liso durante uma temporada, experimenta em dois fios de cabelo o seguinte: puxa-os, se tiverem bastante resistência estão suficientemente saudáveis para suportarem, se partirem, dedica-te à hidratação!

Mas pensando que tiveste nota positiva no teste, vamos lá!

Primeiro analisa o teu cabelo: é encaracolado, ondulado, liso com tendência a encrespar? Muitos penteados podem ser mantidos com cremes alisadores ou com gamas de champôs específicos, não precisando de recorreres ao extremo do alisador. No entanto, se já experimentaste e não gostaste do resultado, podes sempre pensar no ferro como uma boa alternativa..

Segundo, quando fores alisar o cabelo com ferro memoriza esta regra de ouro: só se pode fazê-lo em cabelo SECO! E que nunca te esqueças, sobre pena de fragilizares o teu cabelo, com queimaduras! Se conseguires previamente usares um produto com efeito alisador que também proteja o cabelo dos efeitos do calor, estarás não só a preservar o penteado, como a saúde do teu cabelo! Para um efeito mesmo liso, faz três camadas de cabelo e vai trabalhando-as, sempre na temperatura mais baixa possível e no menor tempo, ou seja, nada de ficares a contar 30 segundos em cada madeixa. Acredita que resulta muito bem assim!

XOXO

Deixe aqui o seu comentário!