Dieta vitalícia – o teu corpo, a tua vida

9

Jul

Daniela Monteiro

dieta vitalícia, saúde, Sem categoria

   Escusado é dizer, mas eu digo-o de qualquer forma: esta é a altura em que grande parte das pessoas pensa “de onde é que veio este calor e por que é que os calções estão tão apertados?”.

 

   Nós (e falarei de “nós” num sentido geral) focamos a nossa saúde e muitas outras coisas na satisfação imediata. Um dia não apetece sair para caminhar, no outro come-se um prato de fritos… esses dias são cada vez mais frequentes, acumulam-se e só quando chega a estação quente é que vemos a soma, o que não é nada mais do que uma grande prova de distracção e inconsciência.

 

 

   Preocupamo-nos com tudo: exames, renda, electricidade, namorado… e negligenciamo-nos. Sempre esgotados, dizemos não ter tempo, paciência, vontade ou dinheiro para exercício e uma boa alimentação. Mas não será ao contrário? O facto é que uma alimentação equilibrada e actividade física regular são indispensáveis para a energia que todos queremos. E, sem ela, os exames correm mal, o trabalho vai pelo mesmo caminho e o dinheiro não rende.

 

  Não, não te enganaste no post. Ele é mesmo sobre alimentação e perda de peso. Este post é uma introdução aos próximos, um especial dieta onde (e não há qualquer dúvida), se seguires todos os conselhos que te vou dar, vais perder peso.

 

 

 

   Primeiro conselho? Introspecção. Por favor, dá-me o benefício da dúvida. O que se segue são perguntas. Reflecte nas respostas, e pensa se é mesmo perder a barriguinha que tu queres; ou se há algo por detrás desse desejo. Eventualmente, nenhuma das anteriores, e por isso talvez estejas no post errado…  Wink

 

 

   Pergunta a ti mesma: o que é que eu estou a fazer?

   Eu sei quem sou, tenho consciência de mim? O meu lugar no meu mundo é confortável? E se não é, porquê? Não me sinto à vontade onde estou, ou será que não estou satisfeita com quem sou para me sentir bem aqui?

   Se perder peso, vou sentir-me melhor? Porquê? É por ter uma melhor imagem? E para quem é que essa imagem é importante? Para mim, ou para os outros? Por que é que ela é importante? Afinal, se os outros não quisessem saber do meu aspecto, será que eu queria? Eu arranjo o cabelo, visto a minha melhor roupa e uso perfume quando sei que vou passar o dia em casa? Então talvez o meu aspecto não passe de um meio para atingir um fim: sentir-me bem.

 

 

   Mas então e a minha alimentação? É um meio para atingir a figura que quero? Ou será que merece ser um fim por si só? Será que preciso de razões ou motivação para ser saudável? Claro que preciso – mudar hábitos dá trabalho, é preciso compromisso. E os bons hábitos devem ser adquiridos cedo e mantidos toda a vida.

 

   Aqui que chegamos ao cerne da questão: eu quero ser saudável. O importante não é o peso (que, diga-se de passagem, não passa de um monte de osso, gordura, sangue, músculo e afins), mas sim o que ele faz ao meu corpo e alma.

 

   Eu consigo e quero ser melhor do que isto. Quero satisfação e liberdade. Perder peso não vai mudar nada, não por si só. Mas quando me sentir bem com o meu corpo, serei mais calma, confiante, em harmonia e em condições de viver a vida ao máximo, sem reservas e medos. Eu sei que o meu corpo merece ser bem tratado, porque ele é parte de mim e eu mereço ser bem tratada. Eu sou capaz de encarar a vida segura de mim. E não vai começar na próxima segunda, ou amanhã. Começa agora mesmo. Porque, agora mesmo, eu percebi o que quero e acabei de dar o primeiro passo: tomei uma decisão.

 

 

 

  Confiança é essencial para o sucesso. Académico, profissional, pessoal. Se eu não gostar de mim nada na minha vida vai correr bem, pois nada do que eu faço serve para seja o que for. Tudo o que fazes é para ti – mas de que serve fazer sumo de laranja, se a laranja não é sumarenta?

 

   A dieta é apenas a ponta do iceberg. De nada adianta fazer dieta por dois meses (ou um ano, vai dar ao mesmo) e perder vinte ou cinco quilos se não souberes qual é a diferença que eles fazem. Provavelmente vais recuperá-los no Inverno, pois “o que os olhos não vêem, o coração não sente”. Ser saudável não é ser magra, ou perfeita de acordo com os padrões da sociedade. É alimentar o teu corpo com tudo o que ele quer e protegê-lo de qualquer coisa que o magoe (seja uma pistola ou gordura saturada); acarinha-o e ama-o, pois vais tê-lo durante toda a vida. Os pensamentos negativos são pesados – literalmente. Livra-te deles e vais descobrir que perder peso é um processo muito mais aprazível do que pensas, o que se vai notar na balança.

 

 

   Por fim, dirijo-me a talvez o pior dos cenários: objectivos visuais. O pior que podes fazer é meter na cabeça que queres os abdominais da Fernanda Branca ou as pernas da Maria Gertrudes. Antes de mais, para quê? A beleza é das coisas mais relativas. Tudo bem, para ti as pernas dela são lindas e as tuas não. O que vais fazer quanto a isso? As pessoas não são todas iguais. Alguns são esguios, outros mais torneados, uns de cabelo verde e outros loiros. Tira da tua cabeça essas fantasias perigosas. Faz de ti o melhor que podes, e orgulha-te do que és.

 

 

 

(Sinceramente… qual destas raparigas não é linda? Todas transpiram confiança, e a confiança é atraente.)

 

   Espero que vos tenha esclarecido. Se não encaramos a perda de peso como algo simples e natural é porque nos encontramos ébrias com o excesso de má informação, ideias opressivas de dietas drásticas e penosas, que duram um mês (!!) e ajudam-nos a perder uns quilos para depois os recuperarmos, mal a dieta acaba. O segredo é mudar o teu estilo de vida pois, se o actual fosse correcto, sentir-te-ias óptima, sempre, como se não houvesse nada que quisesses mudar em ti, pois amas tudo como está. Soa bem, não é? Não é impossível. É mais fácil do que pensas. Não se trata de seres perfeita, mas sim seres o melhor de ti.

 

   O objectivo deste post é ajudar-vos a perceber o que querem realmente, e dar-vos a convicção para começar. É preciso haver motivação para mudarmos. Ajudar-vos a ser felizes, sentirem-se bem com quem são e adorarem a vossa vida, é a minha única intenção. Se precisas de perder peso para seres uma pessoa de corpo e mente saudáveis, então é isso que te vou ajudar a fazer. E vai ser tão fácil, mas tão fácil, que realmente é uma pena se deixares passar esta oportunidade.

 

   Se este post te ajudou e conheceres alguém na tua situação, passa a mensagem. Mostra-lhes o post, ou simplesmente fala-lhes disto. O importante é partilhar a ideia de que amor-próprio é saúde, e a imagem aqui não passa de um pormenor.

 

 

 

Uma caminhada de 1km ou 1m têm algo em comum: começam com um passo.

 

 

 

Beijinho, dani

 

P.S. Peço desculpa pelo post extenso e se, sem intenção, ofendi alguém. Acredito piamente que dietas não resultam, a menos que durem a vida toda. “Dieta” é apenas a forma como nos alimentamos – se comermos bem toda a vida, sentir-nos-emos bem a vida toda.

Deixe aqui o seu comentário!

Sandra S. diz:

Obrigada por teres feito este post. Está espetacular, ajudou-me a ver as coisas com clareza e deu-me motivação para mudar a minha vida. Fiquei com uma lágrima no canto do olho. Smile

Daniela Monteiro diz:

Olá, Sandra! Ora não tens nada a agradecer. Eu é que agradeço teres tirado o tempo de deixar estas palavras, pois fizeram o meu dia Smile Beijinhos querida

Maria diz:

Parabéns.
Não sou gorda, nem magra, gosto de mim, tenho uma vida saudável e sinto-me bem como estou.
E sou uma mulher madura.
Obrigado por este belo post, cujo link foi encontrado num blogue.
Cumprimentos.
Maria.

Dani diz:

Olá Maria
Ora, eu é que agradeço o tempo e as palavras Smile Fico feliz por ter gostado

dani diz:

Olá Delfina! Agradeço teres esperado até puderes ler calmamente, era isso que eu pedia.

Exactamente, desde que não tenhamos problemas de saúde e nos aceitemos, o importante é sermos felizes  Smile

Muito obrigada pelo teu tempo e opinião  Smile
Beijinhos

Delfina diz:

Olá!! já tinha visto o post à pouco mas como me pareceu MUITO interessante, esperei por este momento que estou calmamente a fazer uma pausa ao estudo, para ler o post na integra e comentá-lo.
Concordo com tudo o que foi dito. Eu tento ao máximo (juro que sim) ter uma alimentação saudável, e nem me é muito dificil. No entanto há smp muitos convivios e eu sou uma pessoa que adora comer, as vezes acabo por faze-lo em excesso. Não é que eu seja gorda (tenho uma barriguita, nadegas pernas com coisa a mais) mas podia cuidar melhor de mim. Em relação ao exercicio fisico confesso que não me esforço minimamente, é o meu ponto fraco.
whatever… uns são magros outros mais gordos o que importa é, mesmo assim, conseguir ter dias felizes e divertidos com as pessoas que gostamos e gostam de nós.

dani diz:

Oh muito obrigada, Kika! Ainda bem, era essa a intenção! Smile
Beijinho

dani diz:

Desculpa o equívoco mas é a dani que está a falar contigo, não a Camila, querida… Quando é a Camila a responder, fá-lo em nome do blog (“Sempre na Moda”). Quando sou eu, é a “dani”. E os looks na primeira pessoa são da Camila… Mas queres que eu passe a pergunta? Se quiseres diz, eu mostro-lhe o comentário e ela responde  Smile

Não tens de quê. A tua atitude positiva vai levar-te longe! E o que é passado, deixa-se lá atrás  Smile

Beijinhos

modakika diz:

este post estáq espectacular! Amei e “acordou-me” para a realidade!!!
Beijinhos Kika
http://www.summer-teen.blogs.sapo.pt

dani diz:

Olá Rita
muito obrigada, todos os comentários significam muito para nós, acredita! É quase o único reconhecimento que temos pelo trabalho que fazemos aqui, e que é só para vocês. Por isso é sempre óptimo ter uma palavrinha vossa  Smile
Faz isso, sim, e deixa o teu comentário Smile
 Não vais espero muito  (;

Beijinhos querida, fica bem

dani diz:

Olá Patrícia  (:
Perguntei à Camila e ela diz que nunca teve um blog assim
Beijinho

dani diz:

Olá Maria
antes de mais, muito obrigada. O post não é nada do outro mundo… mas é verdade que eu tentei que todas as pessoas se conseguissem relacionar com o que disse, e de forma a de facto ir ao cerne da questão, como disse. Claro que sim, Maria! E, por favor, continua a comentar, pois eu gostava de acompanhar o vosso progresso. Qualquer dúvida ou mesmo só para falar, deixa comentário  (;
Os posts deste especial vão continuar, e talvez já amanhã
Beijinhos, fica bem Smile

dani diz:

Obrigada mesmo, tiffany, é muito lisonjeador ouvir isso! Força!  Smile  Vai visitando o blog, pois vais ver mais posts nestas linhas que te podem interessar
Beijinhos fica bem  Grin

dani diz:

Era exactamente nisso que estava a pensar, tanto que tinha medo que o post fosse mal recebido pois as leitoras podiam achar que era apenas treta, que não era prático, por não ser o que se esperava de um blog destes, enfim… Tantas coisas que eu pensei. E fiquei mesmo muito, muito feliz, quando vi que as meninas concordavam e, acima de tudo, estavam interessadas em ser felizes e saudáveis e deixar de uma vez por todas os altos e baixos das dietas.

Vamos, com certeza Smile
Muito obrigada

Rita diz:

bem , eu costumo seguir este blog espetacular, mas ao ler este post não podia deixar de dar os parabéns.
foi muito bem feito, esta excelente. Smile
espero ansiosamente o proximo, pois vou segui-lo!
beijo

Patrícia diz:

Ola : ) acho que tiveste um blog onde vendias roupas em “segunda mão” e gostava de saber se as pessoas aderiram à ideia.
Beijinhos

Maria diz:

Olá dani . Smile

Este sempre foi um dos meus blogs favoritos, e quando começaste a escrever aqui, (eu falo por mim) fez me pensar em coisas que eu fazia, na tentativa de agradar a outros, que não valiam o esforço, se tal não fosse com o objectivo de agradar a mim mesma . Este post é sem dúvida fenomenal, e como outras leitoras já o disseram, eu também chorei ao lê lo porque há palavras que são ditas que vão mesmo ao ponto da questão, e emociona qualquer pessoa. Eu também já cheguei a emagrecer drasticamente, por comentários infelizes de terceiros, e quando percebi o que estava a fazer, parei, mas voltei a engordar… E disseste no post que irias fazer um especial dieta, e eu gostava imenso que fizesses porque custa olhar ao espelho e não gostarmos do corpo que temos, escondermo nos em camisolas grandes. É triste… Mas Parabéns pelo post, continua e eu ficarei á espera de mais Smile

Beijinhos a todas  

S. diz:

sim querida, continuarei a passar por aqui para mais dicas (; é dos meus blogs preferidos neste momento. gostei bastante dos looks que publicaste na 1ª pessoa, como fazes pra te manter assim? saudável?
obrigada mesmo pelo apoio e pela força. tudo passa. acredito que isto aconteceu-me para me fazer ver a força que tenho e aprender a dar-me valor. é pena ter perdido tanto tempo da minha vida a desejar ser perfeita :$

tiffany diz:

A minha opinião sincera sobre o post? Sem dúvida um dos melhores posts de sempre do blog! Ter um blog não se trata apenas de fazer “publicidade” às marcas e ao produtos que nos põem lindas artificialmente, mas sim também de falar da realidade e da maneira como as coisas devem ser levadas, e este post mostrou realmente a qualidade do Sempre Na Moda, e confesso que já tinha saudades de um post destes. O que escreveste ajudou-me bastante, apesar de eu não estar gorda, há ali umas gordurinhas que eu precisava de perder, a ando sempre a adiar, e agora já não vou adiar mais e vou começar já hoje a tratar da minha vida e da minha saúde, física e mental!
Beijinhos e continuem com o óptimo trabalho Smile

Este é o exemplo de post que muitas vezes faz falta. Isto porque na nossa sociedade estamos rodeadas de revistas, televisão e anúncios publicitários que passam a mensagem de que perfeição é ter o corpo da Giselle Bundchen.
Felizmente nunca encarei problemas como anorexias e bulimias… O mais importante deste post neste blog é o facto de alertar todas as raparigas que vêm aqui (e a outros blogs de moda e beleza) com o propósito de encontrar dietas milagrosas para alcançar a tal perfeição idealizada e em vez disso chegam aqui e encontram este post, com esta mensagem de alerta que fala em saúde e não em medidas de modelo, porque o mais importante de tudo é a saúde! Tenho a certeza que muitas das raparigas que passam por aqui têm inseguranças e este post vai ajudá-las.

Continuem com o bom trabalho Smile

dani diz:

Muito obrigada, Maria, e obrigada por deixares a tua opinião  Smile

Maria ♫ diz:

 Concordo plenamente contigo. Para quê vivermos sobre a pressão de ser como esta e aquela se, nunca seremos nós mesmos? Qual é o objectivo de fazer dieta durante dois meses para aquele tamanho nos servir e, logo de seguida, recomeçar com a má alimentação? Um bom estilo de vida é essencial e penso que deve ser mantido a longo prazo.
 Parabéns por este magnífico post. Wink

dani diz:

O prazer é meu, Sara! Obrigada eu, também já tinha saudades disto  Wink

Sara* diz:

tinha saudades dos teus posts (: 
isto deu-me imensa motivação , pq eu comecei , manti o meu peso , que era o ideal , mas depois engordei (pouco , mas é muito para o que acho que é o ideal) , faltava-me motivação e acabas-te de ma dar , OBRIGADA (:

dani diz:

É bem verdade, Vany, e meninas novinhas como algumas que visitam o blog entram cedo neste ciclo… Torna-se difícil encontrar a saída. Espero sinceramente ajudar, pelo menos algumas, a vê-la
Muito obrigada  Smile
Beijinho

dani diz:

Quem derramou umas lágrimas agora fui eu… Foste muito corajosa em falar de tudo isto, querida, e fiquei tão feliz por saber que já conseguiste admitir o que te afectava, encontrar o que precisas e procurar ajuda. Tens toda a razão, o espelho não passa de luz reflectidas – diferentes comprimentos de luz visível, que muda todos os dias. O que sentimos, isso não muda tão facilmente. É importante reconhecer o amor que os outros têm por nós, mas também conseguir amar-nos. Tal como disseste, um dia vais conseguir fazê-lo, e se me permitires, eu quero ajudar-te! Continua a visitar o blog, sim, bem como a página no Facebook. Se precisares de desabafar, falar, se estiveres num momento mais difícil… passa aqui, deixa um comentário (eu sei que às vezes é difícil falarmos com pessoas que conhecemos, e é mais fácil contar o que nos vai na alma a alguém desconhecido). Com a ajuda da tua família, amigos e os profissionais que te ajudam, vais conseguir ser feliz, vencer essa raiva e viver em paz contigo própria. Eu acredito que sim!
Beijinhos, minha querida, e muito obrigada

Olá dani daqui é a Vany
Tenho a dizer que o teu post faz realmente pensar. No mundo actual que vivemos eu acho que estamos mais preocupadas em satisfazer aos outros do que a nós mesmas, ou seja, acabamos por fazer estas dietas flash para sermos bem vistas pela sociedade e quando nos questionamos se realmente estamos a fazer isto por nós a resposta fica muitas vezes pendente. E como o teu post diz muito bem temos de primeiro gostar de nós e vermos se queremos ser saudáveis antes de embarcar numa viagem de ódio com o nosso corpo por este não ser igual há modelo/actriz x
Gostei muito do post e continua com o maravilhoso trabalho =)
Beijinhos

S. diz:

este post, sinceramente deixou-me com lágrimas no rosto. identifio-me muito com ele e espero mesmo que todas as pessoas que aqui passem leiam bem cada palavrinha e pensem realmente. Perdi demasiado tempo a tentar ser perfeita quando na verdade apenas queria ser amada. A perfeição não existe.
estou a aprender a pouco e pouco a olhar para mim, para o meu corpo de outra maneira, com outros olhos, quero finalmente querer cuidar dele e acarinhá-lo como ele merece. Tem sido muito maltratado. Estou a reconstrui-lo aos poucos. Tem sido muito dificil, continuo a fugir dos espelhos, continuo a ver-me como um barril(algo que um rapaz me chamou depois de se ter envolvido comigo. Sempre fui gordinha, na altura cheguei a ser obesa, io-ios. Nunca mais fui a mesma, cansada de comparações e de ser rotulada com a gordinha, barril, baleia. Pensava que ninguém gostava de mim, que os meus pais nao olhavam para mim. Passei o verao todo a querer emagrecer para chegar ao 1º dia de aulas, perfeita para ele ver que eu nao era um barril. E assim foi, em setembro tinha o peso saudavel, emmbora tenha sido uma dieta maluca nao era muito mau se tivesse ficado por ai o problema é que tudo piorou a partir dai, era mais simples ninguem me controlava, deixei de comer. Queria fugir de tudo. apenas ia a escola para queimar calorias porque não sentia prazer em nada. Depressa, as coisas complicaram-se e em janeiro dei entrada no hospital. aí, aprendi a alimentar-me, a exteriorizar os meus sentimentos, as minhas angustias(aliás, as consultas com psicologa são semanais e ajudam bastante) tinha raiva de todas as pessoas que me maltrataram, que me chamaram gordinha ou feia, que se riram de mim. Desejei a morte. Hoje, luto contra a anorexia porem continuo com raiva das pessoas, penso que os meus colegas podiam ter feito mais, estar mais atentos. Há dias em que me sinto sem forças, vejo-me gorda. O problema não é a comida como toda a gente pensa, é apenas uma metáfora. Não conseguimos lidar com os outros não gostamos de nos o suficiente e cortamos na comida. Mas ela não é uma inimiga. O principal tratamento nem é a comida, é sim o amor, o apoio, o carinho que nos vºao dando e que nos finalmente vamos querendo receber. A cada dia que passa, luto luto e luto. Quero muito ser feliz. Detesto ver os meus pais sofrerem e é horrivel estarmos doentes e não conseguirmos cuidar de nós. Decidi apenas escrever aqui o meu testemunho porque quero muito que todas as raparigas se olhem ao espelho e digam: sou bonita! Não deixem que alguém vos diga o contrário.  lembrem-se a perfeição está em tudo o que se ama. A nossa perfeição nunca se vê no nosso espelho; vive nos olhos dos outros e no amor com que nos vêem. Eu talvez ainda vá a tempo de descobrir isso e afirmar ao mundo: Gosto de mim! essa é a principal cura.
um beijinho. vou passar sempre por aqui (:

dani diz:

Muito obrigada, querida  Smile
Pena que grande parte não comente… Gostava de uma palavrinha das leitoras, tanto eu como a Camila. Sem querer tirar importância a quem comenta, obviamente, mas de facto pelo que sabemos temos imensas visitas por dia, e a maior parte não deixa nem um olá… Enfim, não se pode ter tudo nem nós esperávamos isso. Mas o sonho nunca morre haha
Mais uma vez, marri, obrigada  (:

-marii diz:

Mas olha que fizeste um trabalho fantástico! Ajudaste-me muito, e de certeza que a muitas mais pessoas! Smile

dani diz:

Aw a sério? Confesso que custou um bocadinho escrever aqueles parágrafos do meio, pois teria de ser algo com que a maior parte das pessoas se pudesse relacionar, nem que fosse vagamente… Fico muito feliz por te ter ajudado, marii  Smile

-marii diz:

Pois, é verdade! Mas, o teu post foi muito importante para a concretização da minha introspecção! Smile Beijinhos e continua assim*

dani diz:

Espero sinceramente que tenha conseguido passar a mensagem, e que não fique por aqui  Smile
Obrigada, beijinhos  (:

dani diz:

Olá Joana, obrigada! Os posts são sempre feitos a pensar nas leitoras… Mas alguns acabam por ser mais pessoais do que outros, pelo tema ou simplesmente pela intenção. Beijinhos, continua a visitar e deixar a tua opinião  Smile

dani diz:

Muito obrigada, Inês  (:

dani diz:

Aw obrigada, querida. Na nossa idade introspecção é algo raro, em parte porque é preciso uma certa calma e maturidade. Fico feliz por teres conseguido fazê-lo, e chegar às tuas conclusões  Smile
Muito obrigada, a sério!

dani diz:

É verdade, muitas raparigas têm um corpo lindo e saudável e mesmo assim fazem uma tempestade num copo de água por causa de coisas sem importância, comparadas com o grande plano. Ainda bem que pude ajudar! Muito obrigada, Cátia!  Grin

dani diz:

Olá Angie! Vamos lá ver se é desta que conseguimos mudar os teus hábitos ;D  muito obrigada  Smile

dani diz:

Oh Juliana, agora eu é que fiquei emocionada com o teu comentário! Tal como disse o meu objectivo era ajudar-vos, e sabe bem saber que o consegui fazer. Se precisares de falar, já sabes que podes contar com o blog, e comigo. Qualquer dúvida ou pedido, não hesites
Beijinhos, Juliana, fica bem  <3

dani diz:

Ainda bem que gostaste, Mónica. É verdade que nem sempre apetece, mas depois de o fazermos nunca nos arrependemos  Wink
Beijinho!

dani diz:

Ora exactamente! Passamos a pensar “isto vai dar-me cabo dar artérias” e não “isto dá-me cabo das ancas”. Acredita que as imagens foram escolhidas a dedo, tal como cada palavrinha deste post, que foi editado pelo menos cinco vezes…
Beijinho e muito obrigada, Marta. Sempre que quiseres, não hesites em comentar

SSB diz:

O post está óptimo, passas-te uma boa mensagem a todas nós. Tenho a certeza que não todas, mas a maioria vai reflectir sobre ele Smile

Beijo

Joanaaa diz:

O post está simplesmente lindo! e isto que gosto de ver no blog, é disto que sentia falta!
Muitos beijinhos e continuem com estes posts dirigidos a nós Smile

Está muito bom este post Smile
Concordo com  cada palavra!

-marii diz:

Excelente post, dani! Foi fantástico ler isto e fazer uma introspecção a mim mesma…
E, concordo contigo. Não devemos fazer dieta para durar uns meses. Temos de estar sempre a comer saudavelmente, fazer exercício, para o resto da vida! Smile

Beijinho* e excelente trabalho! Mereces os meus sinceros parabéns!

Cátia Costa diz:

Olá Dani!

Concordo plenamente contigo. Ser saudável ou belo não passa única e exclusivamente por ter um corpo perfeito e as curvas ideais. Talvez pense assim porque sou magra e tenho confiança em mim – gosto de mim como sou. Mas conheço gente, igualmente magra como eu, que tende a dizer que está gorda ou que não gosta do seu corpo. Eu estou constantemente a dizer-lhe para ter mais confiança em si, porque tudo começa com a auto-confiança! O teu post serviu para eu ter mais confiança em mim e nos conselhos que dou. Obrigada querida. Gostei muito! Smile

Angie Gomes diz:

O post está muito bem conseguido, que venha o próximo Grin

Juliana diz:

Vou ser sincera, desceram-me umas lágrimas pela cara ao ler isto. Não é que custe a ler, mas às vezes doí ver-mos que não temos coragem para ser-mos mais fortes e lutar-mos com unhas e dentes pelo que queremos. Amei várias frases e não me vou esquecer delas, vão ficar sempre guardadas para me ajudar. Foi mesmo no momento certo para a minha vida. Muito bom post sem dúvida. 

Mónica diz:

Gostei imenso deste post. Eu tenho uma loja (a Hippie Lover já apresentada neste blog) e como tal, chega esta altura do ano e tenho clientes insatisfeitas com o seu corpo. Tento sempre animá-las e dar-lhes alguns dos incentivos que aqui foram falados. Smile
Falo também por mim, que por vezes não tenho vontade de fazer a caminhada diaria e vou para casa comer umas batatas fritas…ERRADO!
beijinhos

Marta Lopes diz:

Parabéns pelo post. Há muito tempo que acompanho o blog e acho que (quase) nunca comentei. O post tem toda a razão de ser e tudo o que nele consta não é mais do que a (dura) verdade. Tal como se dizia num anúncio, “se não gostares de ti, quem gostará?”. A motivação é o mais importante de tudo e sim, uma vez adquiridos hábitos de alimentação saudável, difícil é quebrá-los. Não pela questão das calorias presentes mas sim pelo facto de, ao pensarmos nas gorduras e componentes pouco saudáveis que os alimentos contêm automaticamente tentamos não os consumir, porque sabemos que não nos vão fazer bem (atenção eu disse não fazer bem ao invés de pensarmos que “me vai fazer engordar”). Tal como diz a imagem, se cuidarmos da nossa alimentação o peso irá lá por si só..Wink

van diz:

uma salva de palmas(: