Sabedoria capilar – facto ou mito?

20

Set

Daniela Monteiro

baço, cabelo, queda de cabelo, Sem categoria

   Séruns que curam as pontas espigadas, medo da tesoura, champô sem espuma… Afinal, o que é verdade? Confere abaixo.

Água fria no fim do banho dá brilho e ajudar a domar o cabelo frisado.

Facto. A temperatura baixa da água ajuda a fechar as cutículas. Elas são sobreposições de várias camadas que se levantam com o calor, permitindo que os produtos se infiltrem melhor. A água fria, no fim da lavagem, ajuda a fechar as cutículas, de forma a reterem a humidade e evitar o frisado. Como é uma superfície lisa, reflecte mais luz, ficando o cabelo com mais brilho.

Lavar diariamente causa queda de cabelo.

Mito. Quando lavas, o cabelo que vês cair já se tinha desprendido do couro cabeludo. Na verdade, se passares muito tempo sem lavar, vais ver mais fios de cabelo soltos – são os que se soltaram nos últimos dias e ainda não foram levados pela água.

O stress agrava a queda de cabelo.

Facto. O stress abala o ciclo do crescimento de cabelo, o que pode causar queda prematura, para além de interferir nos níveis hormonais, nomeadamente as hormonas ligadas à queda. Além disso, a ansiedade dificulta a chegada dos nutrientes ao cabelo.

Cortar regularmente ajuda a crescer mais rápido.

Mito – directamente. Mesmo que rapes o cabelo, ele vai crescer ao mesmo ritmo. Mas, se quiseres que o cabelo cresça saudável rapidamente, cortar as pontas é o caminho mais rápido.

Precisas de condicionador em todas as lavagens.

Facto. Não é um esquema de marketing. Um champô não pode limpar e ao mesmo tempo providenciar a quantidade de hidratação necessária ao cabelo; os produtos têm um limite de ingredientes! Um condicionador nutre e hidrata o teu cabelo, evitando pontas duplas e falta de brilho. Se o teu for mais oleoso, aplica apenas no comprimento.

Certos produtos curam pontas duplas.

Mito. As pontas são a parte mais velha e mais abusada do cabelo, pelo que as cutículas (“epiderme”) se desgastam ao ponto de o cabelo se separar pela parte interna. Cortar é a única solução (máximo três meses, se hidratares muito bem; se não, oito semanas).

A qualidade do champô não é proporcional à espuma que produz.

Facto. A espuma dos champôs forma-se em contacto com a água e o (mais comum) ingrediente que a causa não serve para mais do que isso. No entanto, a espuma ajuda a que o champô chegue a todo o lado mais facilmente.

12741134523733_large

Produtos em desconto são uma boa pechincha.

Mito. Isto é válido para várias ocasiões, não apenas produtos de beleza – restaurantes, supermercados… De forma geral, aquilo que está em promoção tem o prazo de validade a expirar ontem ou amanhã. Tem também cuidado com as falsificações.

O cabelo não se habitua aos produtos que usas.

Facto. O cabelo é uma fibra morta; não pode “habituar-se” a nada. O couro cabeludo, por outro lado, pode revelar-se “imune” ao champô, e por isso é bom ter pelo menos dois para ir alternando.

Qualquer dúvida ou pedido, deixem nos comentários. Dava-me jeitinho uns pedidos sobre cabelo! Wink

Beijinho, dani

Deixe aqui o seu comentário!

Ju diz:

Olá, sigo imenso o teu blog e adoro-o!
Queria que me aconselhasses sobre uma coisa. O meu cabelo cai-me bastante já desde o verao, não sei o que fazer. Disseram-me que caía porque eu tinha caspa. Eu costumo usar o champô e amaeceador pontas sedozas da Herbal essences e a mascara de hidratação profunda da mesma. O que devo fazer? Compro um champô anti-caspa (HeS ?) e compro uma mascara anti-quebra da Gliss ou assim ? Depois uso com regularidade? Obrigado

Dani diz:

Olá Ju obrigada Smile
Antes de mais, parece-me que tens mesmo de mudar, pois não estás a usar produtos para o teu tipo de cabelo. Experimenta deixar os produtos muito hidratantes e tirar bem os resíduos com água antes de avançar para um champô para caspa, que é muito agressivo; para além de que não me parece que seja o teu problema
Beijinho

Rita Frade diz:

‘O cabelo não se habitua aos produtos que usas.’ é verdade o que dizes. mas o champô entra em contacto com o couro cabeludo, sendo ele também pele. da mesma maneira que deves mudar os produtos que utilizas no resto do corpo, a regra também se deve aplicar ao champô.

de qualquer maneira, bom post Smile

Dani diz:

A minha cabeleireira não concorda Thinking

Ariana diz:

Olá Dani!

Amei amei amei este post, eu já tinha ouvido dizer que tínhamos que ter pelo menos dois champôs diferentes para alternarmos entre eles para o cabelo não se “habituar”, não sabia que isso não passava de um mito! Shame on me, hehehe!

Eu tenho um pedido, se puderes fazer um post sobre isso: que produtos de lavagem e styling aconselhas para definir o cabelo encaracolado?

É que o meu cabelo, depois de seco e por muitos jeitinhos e malabarismos que lhe dê, fica com uns cachos lindos na parte “de dentro” do cabelo, mas a “camada exterior” fica completamente indefinida, nem lisa nem encaracolada! Já tentei de quase tudo, não faço ideia do que tentar mais loool, tenho que esticar o cabelo para ficar minimamente apresentável xD

Beijinhos!

Dani diz:

Olá Ariana,
Pelo que me dizes o que te falta são os produtos certos, e isso depende pois cada pessoa tem os seus. Pessoalmente não tenho o teu tipo de cabelo, logo não posso aconselhar nenhum Thinking já mudaste de champô/condicionador também? Ah e tenta secar com o difusor Smile
Beijinho

Delfina diz:

Bom post. O meu cabelo é assim: oleoso rapidamente e seco na pontas por isso ando à procuro um bom champo e de um serum.

Smile

Dani diz:

Condicionador só nas pontas! Wink

Rita Pereira diz:

Boas. Concordo com tudo o que aqui está, exceptuando a parte da lavagem diária. Realmente, não afecta o cabelo em si, mas sim a raíz. Já que esta leva entre 24 a 48h a secar.

Dani diz:

Verdade – se for seco ao ar livre. Para além disso, de que forma afecta a raiz? Contribui para a oleosidade? Isso já é afectar o couro cabeludo, não propriamente a raiz..

Stela diz:

Gostei imenso deste post sobre factos e mitos sobre o cabelo. Deu para quebrar alguns mitos.

Marta diz:

olha tenho outra questão, eu pintei as unhas mas qd retirei o verniz fiquei com as unhas um pouco amarelas! Já a alguém aconteceu isto? Ajuda-me , como é que eu retiro isto?

Beijinhos, adoro o teu blog

Dani diz:

Olá Marta alguns vernizes pigmentam a unha, sim. Sumo de limão costuma ajudar, e também existem alguns produtos no mercado. Uma vez usei uma pastilha efervescente para limpeza de próteses dentárias e resultou bem, se tiveres à mão podes sempre experimentar. Ah e para evitar que volte a acontecer, pinta sempre com um transparente de base antes do verniz de cor Smile

Meio Palmo diz:

Se tiveres questões que queiras colocar-me a rubrica “Disponham…” mantém-se mais uns dias em Meio Palmo. Wink

Maria diz:

O post está bastante bom, como sempre estão Razz
Já ouvi várias pessoas a dizerem que não se deve lavar o cabelo todos os dias, mas realmente nunca tinham justificações para isso muito plausiveis.
Beijinhos!

Dani diz:

Obrigada Maria Smile
Pois eu também não, mas continuo a dar uma pausa de pelo menos dois dias ao meu cabelo, pois se lavar todos os dias acabo por secá-lo, até porque não gosto de abusar do condicionador por ter cabelo fino
Beijinho

Marta diz:

Tenho uma dúvida. Eu tenho caracóis e portanto o meu cabelo é seco. Eu uso uma máscara mesmo perfeitaaaaaaa para o cabelo seco e resulta mesmo , não sei se conheces , é uma marca brasileira “Kanechom – manteiga de abacate ”
Mas queria pedir a tua opinião: achas que eu devo usar champô para caracóis e condicionador para cabelos secos ou champô para secos e condicionador para caracóis.
Diz me a tua opinião porque ainda não encontrei a combinação perfeita entre champô/condicionador

Dani diz:

O melhor será o condicionador para cabelos secos, pois o que eles precisam é de hidratação e o condicionador (ou mesmo amaciador) é o mais indicado para esse efeito
Beijinho