Este Inverno, protege-te das constipações

15

Nov

Daniela Monteiro

alimentação, outono/inverno, saúde

Chega o tempo frio, e os sistemas imunitários dão imediatamente sinal de fraqueza. Nariz obstruído, tosse, expectoração, espirros e lenços de papel… para não falar das dores de cabeça! Nada confortável, certo?

Para além de te agasalhares  e trocares rapidamente roupa transpirada, existem algumas outras medidas de prevenção a tomar de forma a evitar o panorama acima descrito.

 

Lava, enxagua e lava

É provavelmente a medida de prevenção mais importante: lava as mãos bem e frequentemente. Esfrega bem sem esquecer a zona entre os dedos, as costas da mão e o polegar, no mínimo durante 20s. Se não puderes lavar as mãos, serve-te de um desinfectante com 60% de álcool (no mínimo).

Não bebas

O álcool pode enfraquecer os teus leucócitos (células que combatem agentes patogénicos) até 24h depois de ingerido. Já sabes que esta substância é de evitar mas, para este caso em particular, não deves tomar mais do que uma bebida alcoólica por dia.

Não dependas da C

É verdade que a vitamina C pode ajudar a fortalecer o sistema imunitário, mas não esperes que uma laranja te torne imune à gripe. Além disso, vários estudos mostram que ela não pode fazer nada quando já estiveres doente.

Dorme mais

Pessoas que costumam dormir menos de 7h diárias têm o triplo da probabilidade de ficarem constipadas.

 

 

Come pelo arco-íris

Penso que já disse isto antes, aqui no blog. Os antioxidantes fazem parte de fruta e vegetais com cobres vibrantes, e combatem os radicais livres que enfraquecem as tuas defesas. Feijão preto e vermelho, frutos silvestres, e chá verde são algumas das sugestões.

Camomila
Segundo pesquisas do London’s Imperial College, o chá de camomila ajuda a prevenir doenças. Este está ligado à actividade antibacterial do corpo, e a dose recomendada é cinco chávenas por dia durante duas semanas. O chá de camomila também ajuda a relaxar os nervos, actuando como um sedativo muito fraco.

Fibra

Já falamos aqui de leucócitos; mas só funcionam se os ajudares. Eles são “activados” por compostos encontrados em alimentos ricos em fibra, como aveia.

Dipensa as versões light
As saladas são boas escolhas, mas o que as acompanha nem sempre. Neste caso, o que te faz falta é mesmo o bom, velho azeite. A gordura é necessária para a digestão de certos nutrientes, como os carotenóides (antioxidante) dos vegetais, não sendo estes absorvidos. Óleo de sésamo e azeite são algumas opções.

Tomate
O licopeno, contido nos tomates, age como um antioxidante e ajuda os leucócitos a resistir aos efeitos nocivos de radicais livres. Por isso, certifica-te de que não falta tomate na tua salada, sopa, molho… qualquer coisa!

 

 

Vinho ao jantar
Um copo de vinho tinto ao jantar pode trazer benefícios cardíacos, mas também evitar intoxicação alimentar. Embora todos os vinhos tenham este efeito, o vinho tinto é o mais potente e benéfico.

Apimenta a tua vida
Vários estudos em animais e laboratório mostram que um composto das malaguetas pode ajudar a fortalecer as tuas defesas, registando-me um maior número de anticorpos, o que significa menos constipações e infecções.

Equilibra o teu IMC
Manter um bom peso é crucial, como todos sabemos. Evita doenças cardiovasculares, diabetes, mas também contribui para um bom sistema imunitário. Tenta manter o teu IMC entre 18,5 e 24,5, sendo 22 considerado o número ideal. Atenção: o IMC é apenas um ponto de referência, principalmente para os adolescentes.

 

Mais destaco, pela centésima vez, a importância de beber água. Tenta beber 1,5 a 2,0l de água por dia. Terás um corpo mais saudável, o que se reflecte na pele e cabelo – muito!  Smile

 

E tu, como evitas a ida à farmácia durante o Inverno?

Beijinho, dani

Deixe aqui o seu comentário!

Maria diz:

Eu felizmente não tenho grandes problemas no Inverno, nem no Verão. Por isso… geralmente continuo a fazer a minha vidinha como sempre faço Razz Mas tenho sempre em atenção as mudanças de temperatura. Mas fico contente por saber que já faço coisas que melhor previnem que fique doente, sem mesmo saber que as estou a fazer.
Beijinhos!

P.S. Óptimo post como sempre

Carole diz:

E tomar a vacina da gripe (Como eu já fiz ) Grin

Dourado choque diz:

Muito bom post. Gostei principalmente de reforçarem a ideia da lavagem das mãos, que tem mais importância do que imaginamos. Um alimento que recorro com muita frequência durante o inverno é o mel, que é desinfectante e é um forte aliado para quem tem recorrentemente problemas de garganta como a amigdalite como é o meu caso.

http://douradochoque.blogspot.com/