Dominar os saltos altos

9

Dez

Daniela Monteiro

sapatos, saúde

  Sapatos de salto alto são símbolo de feminilidade, e conseguem fazer com que mulheres em todo o mundo se sintam mais confiantes. No entanto, para algumas, o nome é sinónimo de quedas, tornozelos doridos e momentos de embaraço. Se sempre quiseste usar saltos altos, mas nunca conseguiste tal façanha, eis algumas dicas.

 

Modelo

Começa por saltos baixos e grossos, um sapato que aconchegue bem o pé (nada disto ou isto), com uma boa plataforma  e anda com eles dentro de casa antes de te aventurares no mundo. No início, podes sempre tentar cunhas! Se tiveres problemas com sapatos escorregadios, dá um toque de lixa nas solas.

 

Ocasião

Antes de mais, e obviamente – não corras. Se vais ter um dia muito ocupado, ou tens horários apertados, dispensa os saltos altos. Aliás, não deves usar saltos todos os dias, por questões de saúde.  E, se o destino for a calçada portuguesa… deixa os saltos finos em casa.

392192_2562651599228_1642250959_2426209_387482352_n_large

 

Postura

Ombros para trás e em baixo, bacia ligeiramente para trás e costas neutras. Olhar direccionado para a frente, de forma a evitar a cabeça baixa e os ombros curvados; usa os abdominais para manteres em forma. Não curves os joelhos para balançar o peso, nem apoies todo o teu peso numa só perna. Não tentes combater a distribuição do teu peso – acompanha os movimentos. É esta parte a mais difícil, e só se alcança com treino!

 

Caminhar

Caminha naturalmente. Apoia o calcanhar antes dos dedos dos pés, mas não como se estivesses de sapatilhas. Tenta manter o peso entre a região anterior e posterior. Toma atenção à forma como pousas o pé, para evitar tornozelos elásticos. De preferência, caminha com um pé em frente do outro, e evita passos muito longos ou muito curtos.  Mantém o corpo em linha, relaxa, e terás a tarefa facilitada.

 

How To Walk in High Heels

Não esqueças, prática leva à perfeição. Boa sorte!

Beijinho, dani

Deixe aqui o seu comentário!

Joana diz:

Eu acho que o melhor para nos iniciarmos neste mundo, são mesmo os sapatos de cunha. Comprei este ano dois pares de botas deste tipo, e ando perfeitamente com elas

Cristina diz:

Adorei! estava mesmo a precisar deste post Razz

Ora aqui está um excelente post! Parabéns amei mesmo. Obrigada pelas dicas :$ beijinhos

Dani diz:

Ora essa! Ainda bem que ajudou (:

Andreia Rodrigues diz:

Eu mandei um email para vocês e ainda estou à espera de resposta! Foi bo fim de semana passado, e eu queria muito ajudar…

Dani diz:

Eu reenviei o teu e-mail para a Camila e ela respondeu por engano para o meu e-mail de colaboradora. Disse-lhe para enviar para o teu email, mas talvez se tenha esquecido. Vou relembrar (:

maria cordeiro diz:

Ó Dani, não dá para elaborar uma lista das lojas que vendem tamanhos grandes? Eu, por exemplo, tenho imensa dificuldade em encontrar partes de cima que me sirvam… o XXL da Zara é um logro! Estive em Munique no ano passado e fartei-me de comprar camisas porque lá os XXL são mesmo a sério! E eu não sou gorda, note-se! O meu problema é que tenho os ombros largos e tenho dificuldade em encontrar partes de cima que me sirvam. Só o H&M e a La Redoute têm tamanho 46 a sério!
Já da cintura para baixo “Kein Problem”!
O teu blog é fantástico. A sério! E eu sei o que digo porque vejo muitos…

Beijinhos

Dani diz:

Vou passar o pedido à Camila Smile

maria cordeiro diz:

Bom, a nossa calçada portuguesa é a maior inimiga dos saltos altos. Que o diga a rapariga que eu vi, vai para duas semanas, no Parque das Nações, que teve de ser amparada por duas amigas até chegar ao seu destino. Que figura tão triste!

Maria diz:

Olá.
Gostei bastante deste post. Está bastante bom.
Uns bons saltos para se usar no início, quando não se tem experiência, são as fly – as sandálias mais tradicionais. São super confortáveis e bastante fáceis de andar, até na calçada portuguesa. E, pelo menos para mim, não foi preciso muito tempo para me manter bem em cima deles. E até dá para correr, um pouco, com eles, mas convém já ter bastante hábito em andar com eles.
Beijinhos.