Aliando a cozinha à balança

17

Mar

Daniela Monteiro

aliando a cozinha à balança, alimentação, dieta, dieta vitalícia, saúde

Bacalhau com natas

Tempo total: 1h + 20min

Nível de dificuldade: médio

Valor calórico aproximado: 500kcal

 

Ingredientes (6 pessoas)

4 postas de bacalhau demolhado

2 cebolas

4 dentes de alho

1 folha de louro

2 colheres de sopa de azeite

1 cenoura ralada

800g de batatas

Sal e Pimenta q.b.

200ml de natas light

 

Para o molho bechámel

40g de margarina light (Becel)

50g de farinha de trigo

250ml leite magro

250ml de água de cozer o bacalhau

Sal e Pimenta q.b.

Noz moscada q.b.

Sumo de limão q.b.

Preparação

  1. Coza o bacalhau em água a ferver. Quando estiver cozido retire-o e deixe arrefecer. Guarde 250ml da água para o molho. Depois elimine as peles e as espinhas e separe em lascas. Reserve.
  2. Descasque e corte as batatas em cubos pequenos. Coloque as batatas em água com sal e leve ao lume. Aguarde até que ferva e deixe cozer por mais 5 minutos. Retire do lume, escorra, tempere com pimenta e reserve. (Utilize batatas que não se desfaçam facilmente)
  3. Corte as cebolas às rodelas, pique os alhos e coloque-os numa frigideira anti-aderente. Junte o azeite, a cenoura ralada e uma folha de louro. Leve ao lume para refogar. Quando a cebola estiver translúcida, junte o bacalhau e deixe cozinhar durante alguns minutos. Retire o louro e reserve.
  4. Coloque a farinha e a margarina num fervedor de leite e leve a lume brando. Mexa rapidamente com uma colher de pau para não ganhar caroços. Junte o leite e a água de cozer o bacalhau aos poucos e continue a mexer até obter um creme grosso e bem cozido. Se, por acaso, o molho formar caroços, utilize a varinha mágica para os desfazer.
  5. Junte as natas e tempere com sal, pimenta, noz-moscada  e sumo de limão a gosto.
  6. Num tabuleiro, junte as batatas, o bacalhau e o molho. Envolva bem e leve ao forno durante cerca de 20 minutos ou até estar dourado por cima.
  7. Sirva quente e acompanhe com uma salada.

Sugestões: Quando juntar o bacalhau ao refogado, acrescente uma colher de sopa de salsa picada.

 

Um dos pedidos das nossas leitoras quanto a receitas foi uma versão mais saudável do bom e velho bacalhau com natas. Portanto, espero que vos seja útil! Não esquecer, que continua a ser uma refeição para ocasiões especiais  Wink

Beijinho, dani

Fonte: menoscaloriasmaisvida.wordpress.com

Deixe aqui o seu comentário!

Delfina Almeida diz:

Não consigo achar as natas amigas da balança. molho bechamel caseiro, parece-me melhor.

Maria diz:

Apesar de o bacalhau ser dos alimentos que mais gosto e honestamente qualquer que seja o prato é sempre uma óptima refeição, prefiro algo mais leve como uma simples posta de bacalhau cozida acompanhada de vegetais Razz

Beijinhos!

Dani diz:

Olá Maria! Realmente é um prato pesado, bem à moda portuguesa. Também prefiro uma posta alta de bacalhau cozido com um acompanhamento de espinafres, cenoura e alho – só de pensar, dá água na boca! Mas gostos são gostos claro Smile Beijinho

dina diz:

Eu faço sem natas, cozo o bacalhau em leite e uso esse leite para fazer o molho bechámel. Nem se nota que não leva natas. E, definitivamente, a balança agradece.