Depilação púbica

25

Mar

Daniela Monteiro

biquini, esfoliação, pele, pêlos, saúde, triquini, verão

A remoção dos pêlos púbicos é uma preocupação tanto masculina como feminina. As razões podem ser estéticas mas, na verdade, a procura de um método de depilação nesta zona tem muitas vezes fundamentos higiénicos.

É segura?

A depilação da linha de bikini, para além de ter uma possibilidade acrescida de levar a pêlos encravados (foliculites), não apresenta mais perigo do que depilar as pernas. No entanto, alguns ginecologistas (não todos) defendem que a depilação completa, na qual é removido todo o pêlo, incluindo a zona dos lábios, pode tornar a zona, já de si sensível, mais vulnerável a infeções, pois os pêlos protegem e regulam a flora vaginal. Não existe uma opinião dominante sobre o assunto, pelo que é desaconselhada a depilação completa a quem apresenta um historial de infeções e, obviamente, deve ser abandonada caso haja o desenvolvimento de infeções ou outras doenças, devido à depilação.

Quais os métodos?

Os métodos mais recomendados são a lâmina, cera e laser, por ordem de durabilidade crescente. Na linha do bikini, caso a pessoa tenha elevada tolerância à dor, pode ser utilizada uma epiladora.

Tumblr_m0xp5rffj41rrpvovo1_500_large

É importante saber que o corte dos pêlos com lâmina não os faz crescer mais rápido, grossos, ou que provoque sempre pêlos encravados. Eis algumas dicas para uma boa depilação com lâmina:

  1. Usar boas lâminas e gel de depilação.
  2. Cortar o pêlo com uma tesoura cuidadosamente.
  3. Tomar um banho quente.
  4. Secar bem a área (toalha e papel higiénico).
  5. Aplicar o gel (em último recurso, pode ser usado condicionador de cabelo).
  6. Esticar bem a pele.
  7. Deslizar a lâmina no sentido do crescimento do pêlo, aplicando uma ligeira pressão.
  8. No final, aplicar uma loção ou óleo adequado à zona púbica.
  9. De preferência, a depilação não deve ser feita logo ao acordar, pois o corpo pode acumular fluidos durante a noite que causam inchaço; quando o inchaço desaparecer, o pêlo ficará mais exposto.

Quando a depilação é feita com cera, são válidos todos os cuidados acima, embora a cera (ou a banda) deva ser puxada no sentido contrário ao crescimento do pêlo e não é utilizado gel de depilação ou lâminas. É também importante esfoliar a pele uma semana a 4 dias antes e depois da depilação, e seguidamente realizar a esfoliação frequentemente. Embora a depilação da linha do bikini a cera possa ser feita em casa de forma relativamente segura, devo recomendar severamente que a depilação completa seja feita com um profissional (esteticista) devidamente competente, num salão com todas as condições de higiene e opções disponíveis aos clientes.

Não me alongo quanto aos cuidados da depilação com cera ou a laser, pois essa informação deve ser-vos dada por profissionais e, de preferência, posta em prática pelos mesmos.

Beijinho, dani

Deixe aqui o seu comentário!

Sýlvia diz:

No que toca ás infecções, tenho a dizer que sempre fiz tudo. Mas durante uns meses tive umas infeções que pesadelo… fiz tratamento umas vez, acalmou mas voltou e então eu decidi deixa-los crescerem enquanto fazia o 2º tratamento. foi tão desconfortável, tive até a sensação de que os pêlos é que causaram a continuidade da infeção. depois fui à esteticista fazer a depilação integral à virilha e desde entºao nem infeção nem irritação. Que alívio!

daniela diz:

Isto é um tema que realmente nos interessa nesta altura em que o calorzinho começa a aparecer. Eu costumo fazer com cera, na esteticista, e não tenho razão de queixa. mas gostava de fazer a laser. Mas realmente temos que ter em conta as infecções, que podem atacar.

beijinhos Smile

http://letrad.blogspot.pt/

maria diz:

Eu também já fiz a laser, e muito sinceramente gostei bastante. Não doi quase nada, é uma pequena picada por os pelos estarem a queimar, mas de resto é muito bom. Recomento mesmo. Alem do mais é sempre um descanso.

Andreia diz:

Eu gosto muito a laser, para mim é o mais eficaz, duradouro e além disso indolor. Smile

GTFO diz:

Fazes a lazer? Se sim em que clínica e quanto é?

Gisela Cristina diz:

Eu semprei tirei tudo nao gosto de pelos sem nada a pele fica mais suave é melhor assim para tudo lol…

Beatriz diz:

Por acaso sempre pensei que com lâmina os pêlos crescessem mais rápidos e mais grossos por serem cortados e não arrancados pela raiz :S

Dani diz:

Olá Beatriz! Como podes ver nesta (http://3.bp.blogspot.com/_dEwEdld0mjY/TOsGgG69mfI/AAAAAAAAAN8/R6AqVw0rths/s1600/sentidos%252520pele.jpg) imagem, o pêlo é mais grosso perto da raiz do que na ponta. Por isso quando volta a crescer depois de ser cortado mais ao menos ao nível da pele, a ponta é mais grossa. Mas na verdade a sua raiz mantém a mesma grossura e uma vez que a informação genética é a mesma, quando o pêlo acabar o seu ciclo e cair (o que acontece com todo o pêlo do nosso corpo), o novo pêlo terá novamente a grossura mais reduzida na ponta. Quanto à rapidez, ele cresce à mesma velocidade, mas aparece à superfície mais rapidamente, pois é apenas cortada uma parte do pêlo, e ele continua a crescer ao mesmo ritmo. Por outro lado, quando arrancamos pela raiz, ele demorará mais a ser produzido e, portanto, levará mais tempo a crescer o suficiente para passar o nível da epiderme e ser visível. Se não tiveres percebido, diz, eu tento explicar melhor Smile Beijinho

Beatriz diz:

Ah, faz todo o sentido!
Obrigada por me responderes Smile
Beijinhos

Marta Rézio diz:

Gostei muito Smile obrigada pelas dicas e agora que já há calorzinho dá jeito…