Post Convidado: “Moda para todos. E todas.”

12

Mar

Camila Bento

roupa

O post de hoje  não foi escrito por mim, mas sim por um leitor que se ofereceu em escrever um post para o blog. Eu gostei do tema e acho que é sempre algo muito falado e que merece ser discutido. Espero pelo vosso feedback relativamente a este tema, que tem muito por onde se lhe diga! Smile

“Falar de moda, hoje, é falar para todos. A proposição pode parecer óbvia, mas num mundo que presenciou (e presencia) tantas divergências de tratamento por inúmeras razões, é bom lembrar que esta indústria nasceu para todos e para todas.

Nesse sentido, quando olhamos atentamente algumas das novas tendências, percebemos o quanto do vestuário masculino foi adaptado ao feminino: hoje, as raparigas são livres para usar calças compridas, bermudas, camisas e até gravatas. Na moda, para as mulheres vale quase tudo. Quando uma mulher veste uma roupa tipicamente masculina – como um fato completo, por exemplo -, a proposta pode ser encarada com alguma surpresa, mas não vai causar tanto espanto. O julgamento para peças feminas que se alimentam da estética masculina, ainda bem, ficou para trás e é natural encontrar mulheres que, no ambiente de trabalho, troquem as saias pelas calças sociais.

O caminho contrário, porém, ainda não aconteceu. A sociedade ainda vê com estranheza um rapaz, usando calças muito apertadas ou mesmo uma blusa de alças mais feminina. Saia, então, somente se for escocês, para vestir o tradicional kilt. O preconceito na moda parece que se inverteu.

Marilyn Monroe disse, usando a sua voz em prol do feminismo, que os homens têm medo de ficar parecidos com as mulheres, nem que seja no vestuário, pois ainda as vêem como degradantes. Talvez esse preconceito carregue muito de uma sociedade paternalista, da parte machista que de vez em sempre dá as caras no mundo contemporâneo. Mas será que as mulheres também não carregam esse preconceito? Acho que todas teriam alguma dificuldade em namorar com um rapaz que se maquilha ou usa algumas peças femininas.

Felizmente, podemos desfrutar de algumas peças que são invariavelmente unisexo, desenhadas tanto para homens, como para mulheres. Esse, inclusive, deveria ser o caminho natural da moda: uma quase unificação de sexos e gostos. Se lutamos por igualdade dos sexos, raças e orientação sexual, não deveria ser diferente na moda.

As t-shirts são peças quase indispensáveis no guarda-roupa de rapazes ou de raparigas e invadiram a moda urbana quase que com a mesma intensidade que as calças jeans. Seja para passear no parque, para jantar fora ou mesmo para ir a uma festa, as t-shirts se adaptam a qualquer ambiente.

Com estampados criativos e inúmeros recursos de criação, as t-shirts deixaram de ser um acessório básico para se tornarem as aliadas da moda contemporânea. Todos os looks com t-shirts estão em alta e, se combinados de maneira correta, formam ma composição charmosa e leve.

A t-shirt persopnalizada, então, é ainda mais original e pode render looks mais surpreendentes! Qualquer um pode pensar num estampado inovador e criar a própria t-shirt da forma que bem entender.  No fim, o importante é divertir-se e sentir-se confortável com o que está vestindo. A moda nasceu para todos e as t-shirts são a prova viva de que é possível criar uma moda sem barreiras e livre de preconceitos ou ideias pré-concebidas!”

Deixe aqui o seu comentário!

Miss Bad diz:

Em termos de moda, acho que há poucas coisas que se conseguem adaptar do universo feminino para o universo masculino…
Agora em termos de pele, não me chocaria nada um homem que usasse um creme com cor ou corrector de olheiras, até lápis preto fica bem por vezes ! Agora tem é de ser tudo q.b. também não gosto de ver mulheres mais que exageradas.
Camila, era uma boa ideia continuares com este tipo de rubricas ;D

http://thediariesofmissbad.blogspot.com/

Beatriz diz:

Gostei muito do post, quem sabe se um dia os homens começam a usar saias tal como as mulheres passaram a usar calças

tania diz:

Gostei muito do texto e concordo, mas também precisamos de admitir que ver um homem a usar uma saia lápis não é a coisa mais apropriada, e não tem a ver com machismo ou feminismo, simplesmente há certas peças que não ficam bem nem são apropriadas para o sexo masculino. As mulheres apenas começaram a trocar as saias pelas calças ao longo dos anos.

Susana Silva diz:

Muitos parabéns pelo excelente trabalho. Esta é uma verdadeira realidade e penso que neste comentário, foi tudo muito bem discutido, de forma clara e expressionista. Todos os pontos foram focados e, no meu ponto de vista, conseguiu-se transparecer a ideia de “Moda para todos e todas” de modo a que interiorizássemos essa curta e realista frase. Merece, realmente, o nosso mérito e reconhecimento. Felicitações : )

Está muit bem elaborado este textAngel Parabés à menina que o escreveuSmile e a ti querida por teres partilhado conoscAngelkiss