Beleza em público – aceitável ou condenável?

8

Fev

Daniela Monteiro

beleza, maquilhagem, pedicure, pele, pessoal, unhas

Certamente já vos aconteceu: ou porque se esqueceram, ou porque o tempo se esgotou, algumas tarefas da beleza e, quiçá, higiene pessoal, são realizadas no transporte público, a caminho do trabalho. A questão que vos coloco hoje é: até que ponto é aceitável tratar da beleza e higiene em público?

No que diz respeito a assuntos subjetivos, tendo a ser bastante tolerante, mas o mesmo não acontece aqui. Que as pessoas vistam o que bem entenderem, ouçam o que mais gostarem, e leiam o que lhes der mais prazer, eu aceito e incentivo, mas creio que é uma verdadeira falta de consideração proceder a estas tarefas em público. Será que os lavabos estavam assim tão fora de alcance? São, certamente, um local mais apropriado! Pintar as unhas das mãos entre amigas num local público bem arejado pode ter a sua piada, mas cortar as unhas já é outra história, bem como a situação abaixo:

Para além da questão de saúde pública, que pode ser comprometida, há que considerar as regras de boa educação e, é claro, a classe. Retocar o batom ou uma sobrancelha de forma discreta parece-me perfeitamente aceitável, mas e quanto a base, corretor, eyeliner… enfim, uma maquilhagem completa? Parece-vos aceitável ou condenável? De qualquer forma, as pessoas que fazem a maquilhagem completa num autocarro em andamento despertam em mim uma certa admiração! Penso que não seria capaz de o fazer, tanto por não me sentir à vontade, como por não dar mesmo jeito nenhum Smile

Deixo-vos uma última questão… Prefeririam lidar com as consequências negativas de algo (suor pelo esquecimento do desodorizante é um exemplo perfeito), ou fazer algo em público que, embora possa ser um pouco embaraçoso, vos salva dessas consequências? Pessoalmente, mantenho a minha opinião… A maioria das situações pode perfeitamente esperar até termos acesso a uma casa de banho. Se não tiver outra hipótese, no entanto, confesso que não hesito em resolver o problema em público!

Beijinho, dani

Deixe aqui o seu comentário!

Lina A. diz:

Em casa de manhã faço apenas o indispensável, vestir, pentear, pôr desodorizante e lavar os dentes e é sair o mais rapidamente possível, que já se faz tarde. De resto, é tudo no comboio, comer os cereais, pôr BB Cream, rímel, gloss, perfume e se reparar que tenho uma falhazinha das unhas, também aproveito para fazer isso. Talvez faça porque quando saio de casa ainda é muito cedo, e não vai quase ninguém no comboio, talvez se fosse mais gente não fizesse isto. Smile

Daniela Monteiro diz:

É interessante ver as rotinas das nossas leitoras; estou a ver que muitas de vocês preferem deixar a maquilhagem para a viagem! Smile

Inês diz:

Na minha escola já vi umas raparigas da minha turma a pintarem os olhos uma à outra a meio da aula e no polivalente a esticarem o cabelo com uma prancha de alisamento. Eu até sou bastante tolerante nestas coisas, nos autocarros até entendo pois temos aquele bocadinho antes de chegarmos ao nosso destino, que pode ser aproveitado para essa razão, mas estas situações penso que já sejam um abuso… bom post Smile

Daniela Monteiro diz:

Olá, Inês! Em plena aula nunca presenciei, e confesso que acho a situação tão deslocada como a da imagem neste post… Talvez essas raparigas devessem pensar em prestar mais atenção à aula! Smile
Obrigada! Beijinho

joana diz:

Cortar as unhas e isso acho muito nojento. Mas maquilhagem acho que ninguém vai ficar incomodado, afinal é uma coisa rápida e prática de fazer Smile

Beijinhos

http://wish-i-were-alice.blogspot.pt/

Daniela Monteiro diz:

Olá, Joana! Falando por mim, certamente não incomodaria; pelo contrário, confesso que ficaria interessada em ver as técnicas que estavam a ser usadas! haha
Beijinhos

Cortar as unhas e coisas do género faz-me impressão e mete-me nojo ver, mas maquilhar e isso é-me indiferente. Eu não o faço, gosto muito de me despachar em casa porque acho que fica tudo mais perfeito e bem feito e não tenho montes de gente a olhar. No entanto já me aconteceu a situação do desodorizante e meti, tentando ser discreta, mas é um caso pontual não é algo diário Shock

Daniela Monteiro diz:

Olá, Maria! Também prefiro ficar completamente pronta antes de sair casa. Caso contrário, sinto que estou sempre atrasada, para além de serem uns momentos só para mim de manhã que aprecio imenso Smile Penso que essa situação já aconteceu a todos e todas alguma vez, e duvido que alguém preferisse não aplicar desodorizante! haha
Beijinhos

Guida diz:

Cortar unhas, lavar os dentes… Já vi de tudo! Blherk. Quanto às emergências de desodorizantes, laca, hidratante e afins, não tenho quaisquer problemas. Ah, e faço parte da facção que se maquilha no autocarro/metro Smile

Daniela Monteiro diz:

Caramba, lavar os dentes? Essa ainda não tive o prazer de ver! Mad Nesse caso, tens a minha admiração. Talvez um dia, com muita prática, também consiga fazê-lo; mas duvido que alguma vez consiga aplicar o eyeliner no autocarro, já que mesmo para o fazer em repouso é um ano de juízo Smile Beijinhos

Comigo de manha é sempre tudo a correr para ir trabalhar, por isso só consigo por cremes e base, de resto faço no carro mesmo: eyeliner, máscara e batom. Se tier necessidade até retoco uma unha ou outra. Com tantos semaforos aqui pelo Porto dá perfeitamente e não perco tempo em casa.

Não acredito que ofenda alguém e de manha cada minutinho conta Smile

Daniela Monteiro diz:

Percebo que o trânsito numa grande cidade o permita, mas não posso deixar de relembrar para prestar atenção à estrada Smile Beijinhos

Ah lembrei-me assim por acaso que a Sephora vende um pack de toalhitas unitárias para as senhoras se refrescarem nas axilas justamente para quando há o tal esquecimento do desodorizante Smile

Há coisas que tolero outras nem por isso. Também depende muito da cultura do país, digo isso porque na Suiça, considerado um país de alta classe, onde as mulheres e miúdas andam sempre maquilhadas é perfeitamente normal, é mesmo normal, ninguém olha, ninguém repara, ninguém comenta, se uma senhora estiver a fazer a sua maquilhagem completa nos comboios (meio de transporte mais comum na Suíça), achei isso um máximo, poder passar um batom e retocar as sobrancelhas sem ter meio mundo a reparar. E lá é assim, e acredita que são um povo extremamente bem-educado, porque ninguém liga nenhuma à vida das outras pessoas, até demais, porque imagine que vai a meio das escadas e te rebenta a alça de uma mala de viagem pesadíssima, ninguém para ajudar, o problema é seu ninguém se mete, é incrível. Já cá, tudo o que se passa na vida alheia parece nos afrontar e fazer espécie.
Eu num caso de necessidade se tiver de cortar as unhas no metro porque surgiu uma entrevista de última hora por exemplo, não hesito em fazê-lo, mas não dos pés LOL

Daniela Monteiro diz:

Olá, Thaisa! Obviamente, e a nossa sociedade somos nós que fazemos. Em Portugal os narizes ainda são muito compridos Wink Beijinhos

Às vezes maquilho-me no barco, a caminho do trabalho, porque estou 20 minutos sem fazer nada e se puder não perder esses 20 minutos em casa, é óbvio que prefiro.

Quanto ao desodorizante se achar que preciso ponho imediatamente, quer achem bonito ou feio. Importa eu sentir-me bem, e se para isso for preciso pôr desodorizante trato disso prontamente.

Quanto ao cortar de unhas, isso sim: pode ficar para outras alturas =|

Daniela Monteiro diz:

Nestas coisas, a verdade é que a nossa liberdade termina onde começa a dos outros Smile Beijinho

Ana diz:

http://www.youtube.com/watch?v=9dLu82Kk9hU Smile

Daniela Monteiro diz:

Não sou muito fã dos tutoriais dela, mas certamente será útil! Beijinho

Rita diz:

Se for retocar o batom tudo bem, cortar unhas e até mesmo pintá-las já não! Razz
Em relação à questão do desodorizante, se eu sair de casa sem desodorizante fico mesmo em pânico e por isso tento aplicá-lo assim que encontrar uma casa de banho. Se não houver casa de banho tento ser o mais discreta possível, claro! Smile

Daniela Monteiro diz:

Já eu não vejo problemas em pintá-las, desde que num sítio onde o cheiro não incomode as outras pessoas, é claro! Smile Beijinho

Cortar as unhas não!
Eu falo por mim, muitas vezes porque vou atrasada não me maquilho em casa e quando chego a faculdade tb não tenho tempo pois vou logo ter aula, e quando estou no comboio aproveito e maquilho-me. Mas é uma coisa muito rápida que ninguém dá por nada. Acho q isso não tem mal nenhum.

Daniela Monteiro diz:

Não só não tem mal, como é perfeitamente compreensível Smile Beijinho