Será que preço e qualidade andam sempre de mãos dadas?

10

Out

Camila Bento

Sem categoria

sabrinas

E já que hoje é dia de falar em calçado low-cost, achei que seria uma boa altura para fazer um post acerca de dois pares de sabrinas que comprei na Spartoo. A primeira coisa que diferencia estas sabrinas é o preço, umas custam 25€ (e em saldos, quando as comprei, chegaram a custar cerca de 15€) e as outras 52€. Comprei as Baby Bull da Buffalo pensando que estava a fazer uma grande compra e as Vinie da Moony Mood como umas sabrinas baratinhas que não fossem durar muito tempo. A parte curiosa da questão é que eu estava redondamente enganada, parece que aconteceu o imprevisto e as sabrinas da Buffalo é que me desiludiram imenso em termos de qualidade.

buffalo2 moonymood

Gastar dinheiro em calçado custa-me muito menos do que gastar dinheiro numa determinada peça de roupa, pois aquilo que mais procuro num par de sapatos é conforto e durabilidade.

Estou a pensar enviar um e-mail para a Spartoo a reportar a situação das sabrinas pois o atendimento deles é fantástico, contudo já comprei as sabrinas há uns bons meses, mesmo que não lhes tenha dado grande uso… Podem não acreditar pelas fotografias, mas é bem verdade! Não é só a pele da parte de trás que está a sair, a forma delas também já não está impecável e já não são tão confortáveis.

As sabrinas da Moony Mood continuam impecáveis, o que me faz ter vontade de voltar a adquirir sapatos da marca. Quanto à Buffalo, confesso que a marca perdeu muita credibilidade para mim e custa-me voltar a gastar dinheiro em algo desta marca.

Alguém tem sapatos da Buffalo e aconteceu algo semelhante? Ou será uma exceção à regra?

Deixe aqui o seu comentário!

Ana diz:

Não acho que, neste caso em específico, tenha a ver com a marca, mas sim com o modelo. Digo isto porque há anos que desisti de dar dinheiro por uns bons sapatos, tenho tendência a estragá-los muito facilmente nos calcanhares e na frente e por isso já fui criando algums “métodos” na escolha dos sapatos.
Tem a ver, como já referiram, com o tipo de salto que a sabrina tem. O salto das cinzentas apoia todo o calcanhar, permitindo que a sabrina se mantenha na mesma “posição”. As camel têm um salto mais pequeno, que não apoia todo o calcanhar e faz com que, ao andares, o calcanhar force a pele da sabrina para baixo, pois não tem apoio e assim acaba por romper.
Ultimamente tenho tido o cuidado de comprar sempre sapatos com o tipo de apoio semelhante ao das cinzentas e acabam por ter uma maior durabilidade.

Tania Argent diz:

A Moony Mood é muito fixe, tenho sabrnas iguais, na versão preta e garanto serem bastante boas! E olha que a conduzir estrago muitos calcanhares…
Tenho também umas sandálias dessa marca que estão impecáveis!
bjs

A Flor diz:

Francamente acho que é uma questão de sorte. Também tenho umas Moony Mood nesse modelo, mas em rosa. Passado uma semana a sola rachou de um lado ao outro e tiveram de ir directamente para o lixo…

Sofia diz:

Não conheço nenhuma das marcas que referiu por isso dou a minha opinião sem ser tendenciosa.
Trabalho no fabrico de calçado e o k eu vejo pelas fotos é k a sabrina castanha não tinha o mesmo tipo de salto da cinzenta, é bem mais estreito e baixo, consequentemente o calcanhar fica muito mais exposto a desgaste. Não se trata de um defeito mas sim duma caracteristica do modelo, além disso a pele usada é bastante mais “macia” ou seja mais moldável ao pé. Daí “cambar” mais facilmente.
Convém ter sempre em consideração que o preço não tem que estar relacionado com a marca mas sim com os materiais usados, que quando são naturais são sempre mais caros. Espero ter ajudado Smile