6 formas de não comer demasiado

2

Out

Daniela Monteiro

alimentação, dieta, dieta vitalícia

Não é o primeiro post deste género que faço aqui no blog (se quiserem mais dicas, espreitem este). Uma vez que vocês receberam bastante bem este tema, achei por bem deixar mais alguns conselhos para quem tem alguma dificuldade no controlo das porções.

Comer devagar. Para além de desfrutarmos e saborearmos o que estamos a ingerir, o que nos leva a valorizar mais a comida, também é mais fácil sentirmo-nos saciados com uma porção menor.

Evitar comer por aborrecimento, ou seja: se comeram há menos de 3h e não têm fome, não comam. Muito menos para passar o tempo ou porque não têm nada para fazer. Habituem-se a comer só quando têm realmente fome ou, é claro, se for mesmo altura de comer.

Não comer do saco. Evitem levar o pacote de seja o que for (bolachas, batatas, frutos secos) convosco. Como alternativa, preparem uma porção adequada, e levem só essa quantidade (num tupperware, por exemplo).

Pensem na relação da comida com o corpo. Em vez de ligarem tanto a comida ao prazer do sabor, tentem também pensar naquilo que ela vos vai fazer. O vosso prato está cheio de gordura saturada que dificulta a circulação do sangue e leva a doenças coronárias, ou de proteínas e minerais que vos manterão enérgicos e saudáveis?

Não ceder ao hábito. É fácil cair no hábito de comer por aborrecimento, tal como já foi dito. A melhor forma de lidar com os súbitos desejos é sair de ambientes que vos façam lembrar comida, beber água e fazer alguma atividade que vos distraia

Água e porções pequenas. Já falei deste ponto no outro post, mas não podia deixar de reforçar, já que são realmente a chave para não comer mais do que o suposto.

E vocês, têm mais algum conselho neste sentido? Smile

Beijinho, dani

imagens: tumblr.com

Deixe aqui o seu comentário!