Plano de poupança durante a faculdade

15

Set

Daniela Monteiro

universidade

Muitos de nós não pensam assim, mas os anos de faculdade passam a voar e, quando chegamos ao fim, reparamos que a conta bancária não está risonha no que diz respeito a arrendamentos, compra de carro, etc. No entanto, não é impossível poupar enquanto se está na faculdade, e não são necessariamente anos ridiculamente caros. Aliás, podemos aprender muito nesta altura, com a segurança da família para avisar quando ultrapassamos limites. Hoje dou-vos as minhas melhores dicas nesse sentido!

Se não têm de pagar propinas, dêem o devido valor a isso. Seja porque as propinas são suportadas pela vossa família ou pelo estado, não se esqueçam que é uma despesa a menos no vosso orçamento, e a mais pesada. Nem todos os estudantes têm esse luxo.

Trabalhar em part-time. No primeiro ano, não aconselho, pelo menos no primeiro semestre. Mas se já têm métodos de estudo e uma rotina instalados, façam por encontrar um trabalho que vos permita ter algum lucro.

Levar comida de casa. Se a vossa cantina tiver uma relação preço/qualidade aceitável, usufruam; caso contrário, em vez de comerem em restaurantes caros ou fast-food, preparem a vossa comida em casa. Da mesma forma, não se esqueçam de ter sempre snacks convosco. Todas as manhãs/noites verifiquem o stock e, se necessário, coloquem mais uma peça de fruta ou iogurte na mochila.

tumblr_ntnka2CiRK1sbjm9do1_1280

Fazer compras para o mês. Assim, poupam viagens desnecessárias ao hipermercado que só vos fazem trazer mais do que precisam. Uma lista também é essencial, bem como circular pela periferia, uma vez que as bolachas, aperitivos, produtos de beleza e vestuário estão na entrada/centro. Claro que os produtos frescos terão de ser comprados todas as semanas, de preferência em lojas locais mais pequenas, para evitar distrações.

Conhecer as redondezas. Algo que deve ser uma prioridade desde o primeiro dia é conhecer os melhores estabelecimentos, desde a reprografia com os melhores preços, o supermercado com mais promoções, o restaurante com o melhor menu, etc. Para isso, falem com os vossos colegas: há sempre alguém que não veio de fora, vive na zona e já a conhece bem.

Estudar bem os transportes públicos. Regra geral, os estudantes têm desconto nos transportes públicos, e compensa terem assinatura mensal para circularem na zona da faculdade. Estudem bem as vossas opções, tendo em conta as diferentes companhias, preços, descontos, zonas e regalias.

Estabelecer limite de festas, saídas e jantares. As festas da universidade são normalmente baratas, é verdade, a bebida idem, e é precisamente isso que leva a excessos. Tenham atenção ao que gastam com tudo isto, e estabeleçam um limite; eu, por exemplo, tento não ultrapassar os três jantares por semestre. Por outro lado, sou capaz de sair apenas para tomar um café ou uma bebida, sem exageros. É uma capacidade importantíssima de desenvolver nesta altura, em que os pais ainda controlam as despesas. Mais tarde, quando forem financeiramente autónomos, será mais fácil controlar os gastos no lazer se já tiverem esses hábitos desenvolvidos.

tumblr_mte4rwzkqg1sz59s2o1_500

Nem vergonha, nem influências. Contem com imensos amigos para vos dizer: “não vais à festa amanhã? não vens almoçar connosco hoje? não queres beber mais um copo? não vens ao cinema? és uma seca!”. É importantíssimo que aprendam a sentir-se confiantes e orgulhosos das vossas escolhas, pois essa não é uma realidade da faculdade. Toda a vida, haverá um colega presente para vos espicaçar e incentivar a fazer ou gastar mais do que vocês estão dispostos. Descubram os vossos limites, aquilo em que preferem investir o vosso dinheiro, e não deixem que ninguém vos faça sentir mal por isso, ou desvie dos vossos objetivos e gostos pessoais.

Porquinho para o café. Mantenham um mealheiro em casa, e coloquem lá todas as moedas pequenas. No meu caso, serve principalmente para o café, mas se tiverem outra despesa pequena todos os dias, funcionará igualmente bem. Porque não na carteira? Porque se lá estiver, para além de pesar e ocupar espaço, vamos gastar os trocos em outras coisas, muitas vezes máquinas de venda automática que pouco contribuem para a saúde!

tumblr_nsidjfBQA01uche5co1_500

Levantar dinheiro. Quando usamos o cartão para pagamentos, é facílimo perder a noção do que gastamos, e estou certa que a maioria de vocês sabe do que falo. O ideal é levantar pequenas quantias de cada vez.

Orçamento. No fim de cada mês, façam um esquema apontando aquilo que pretendem gastar (e no quê), os ganhos que terão e quanto conseguirão poupar no próximo mês. Guardar os recibos é uma boa forma de monitorizar os gastos. A isso chama-se fazer um orçamento! Não fiquem desmotivados se, no início, não o conseguirem cumprir; com a prática, ganharão maior consciência financeira, que será tão ou mais útil do que o vosso curso, para o futuro!

Já põem estas dicas em prática? Têm alguma a acrescentar? Beijinho, dani

imagens: tumblr.com

Deixe aqui o seu comentário!

Sara diz:

Eu não acrescentaria mais nada! Está tudo resumido aí! 

Beijinhos,
Sara

Ana diz:

Gostei muito das dicas Smile
São estratégias que costumo utilizar no meu dia a dia,e é como dizes,inicialmente não é tão fácil cumprir os objectivos mas depois vamos percebendo melhor como funcionam as coisas.
Já terminei a faculdade, mas olhando para trás vejo uma diferença abismal entre como geria o meu dinheiro no primeiro ano de como o fazia no último Smile

Para finalizar deixo uma sugestão, há muitas aplicações para o telemóvel que permitem guardar todos os gastos que fazemos, organiza-los por grupos, assim no fim do mês é mais fácil perceber onde gastamos o dinheiro e onde podemos poupar mais Grin

Um bjinho!

Ana diz:

Olá! Também me lembrei logo das aplicações, há alguma que uses e que recomendes? Smile tenho andado a pesquisar mais acerca  desse assunto 

Muito bem, gostei das dicas e abordaste um tema que normalmente é esquecido, mas que é de grande importância principalmente nos tempos que correm.

Ana diz:

Boas dicas! Acho que realmente o fator chave é ter listas que nos ajudam a planear o dia a dia. Assim podemos ter uma noção mais clara do que melhorar. Pelo menos é o que faço e aconselho Wink
Claro que também há boas aplicações para nos ajudar Smile