Pela Bélgica (#2)

23

Mar

Camila Bento

Bruxelas, Viagens

bruxelas10

Tinha este post planeado para hoje há algum tempo. Estava longe de imaginar que se iria passar o que se passou ontem, mas a verdade é que já não podemos viver sossegados e sem medos. Quando marquei a viagem para Bruxelas, tive algum receio (foi não muito tempo depois do atentado em Paris), contudo sempre pensei que não nos poderíamos deixar vencer pelo medo e deixar de viver a nossa vida. Felizmente, tive a sorte de ir há algumas semanas sem estar aterrorizada!

Continuando a parte 1, hoje venho falar-vos um pouco mais de Bruxelas, bem como da nossa breve visita a Gante, uma cidade encantadora!

Alimentação

bruxelas9

Este é, sem dúvida, uns aspetos que me deixa mais curiosa quando viajo! Não vou mentir: uma boa refeição faz-me muito feliz! Conhecer novas gastronomias é, por isso, ouro sobre azul nas minhas viagens!

Em relação à Bélgica, todos ouvimos falar dos chocolates, das batatas fritas, dos waffles e dos mexilhões, certo? Por isso mesmo, provámos todos – alguns ainda repetimos! As batatas fritas e waffles encontram-se espalhados pela cidade em lojas e quiosques. O almoço típico de mexilhões e batatas fritas foi no Chez Leon.

Eu gosto sempre de procurar alguns sítios alternativos às opções turísticas, por isso, não posso deixar de recomendar o Peck 47 – comi uns ovos benedict ótimos!

Achei curioso o facto de o Mc Donalds lá ter um wrap de peixe e olhem que achei bom! Diria que por lá ainda mais frequente que o Mc Donalds é o Exky, um restaurante de comida saudável, para comer ou para levar para casa.

Por lá, há imensos cafés giros. Experimentem ir ao Askum Coffee House, Cafe Capitale ou ao Café du Sablon (o Sablon é uma das zonas mais fancy da cidade – se quiserem comprar uns Louboutin lá encontram uma loja da marca muito gira Wink )

Locais de interesse

bruxelas7bruxelas4 bruxelas3Mais do que visitar museus, gosto de passear. Por isso, a minha estratégia preferida passa por selecionar 2 ou 3 museus a visitar de entre a oferta que há. Desta feita, optámos por visitar, claro, o Atomium, que apesar de ser afastado de centro da cidade, vale muitíssimo a pena! O Museu da Banda Desenhada tinha que estar entre os eleitos e foi uma boa opção, sendo que eu também fiquei encantada com a livraria do museu! Por fim, visitámos o Museu dos Instrumentos Musicais, o qual eu achei um bocadinho extenso para alguém que, como eu, não é entendida em música. O Henrique como se interessa muito por instrumentos musicais aproveitou bem melhor a visita do que eu!

Compras

bruxelas1

bruxelas5 bruxelas6

Bruxelas tem imeeeeensas lojas giras! Não falo apenas de lojas de roupa, mas também de lojas de design, chocolates…

Para a família, trouxemos alguns chocolates e há imensas chocolatarias fantásticas: Leonidas, Mary, Neuhaus, Pierre Marcolini… Algumas das melhores lojas de chocolates estão nas Galerias Reais. Compras à parte, estas galerias merecem a visita só pela beleza das mesmas!

Em termos de lojas de roupa, há muitas marcas que não encontramos em Portugal, tais como Brandy Melville, Private Joke, Sake, des petits hauts, entre muitas outras cheias de pinta. Fez-me lembrar Amesterdão nesse aspeto, pois também há lojas giríssimas, um bocadinho alternativas, mas infelizmente caras para a carteira dos portugueses.

A fotografia acima foi captada na loja be color, a qual eu achei o máximo porque tinha algo que eu só havia visto no Pinterest… Impressionante o número de cores que havia de bolas de luz.

Comic Art

bruxelas8

Adoro arte urbana, mesmo! Por isso, as expetativas eram bastante elevadas relativamente à Comic Art espalhada pela cidade. A meu ver, vale muito a pena reservar um dia para fazer os percursos dos murais. Vão encontrar coisas espectaculares que não há como fotografar de forma fidedigna. Estes desenhos são mais uma prova que Bruxelas é uma cidade gay-friendly – pois existe muitos desenhos relacionados com esta temática.

Gante

gante1 gante2gante3

Gante é uma cidade linda! Foi-nos recomendada por ter um bocadinho mais de vida que Bruges, mas ainda assim ter a beleza dos edifícios e dos canais. Estivemos por lá durante a manhã e o início da tarde e gostamos muito. Não visitamos museus nem igrejas, mas passeamos muito e só por isso valeu muito a pena!

Gostaram destes dois posts sobre Bruxelas? Se quiserem acrescentar alguma coisa, estão à vontade! 

Sigam agora o blog também no Snapchat: blogsemprenamod (sem a, sim!) Smile

Deixe aqui o seu comentário!

Alda Moreira diz:

Estive em Bruxelas e Bruges no Natal (ahhh a magia dos mercados de Natal) e adorei…já conheço grande parte da Europa e é sempre bom conhecer novas cidades, especialmente um pouco “desprezadas” face a outras mais conhecidas…

Sara Vale diz:

Adorei as fotos , parece ser tão lindo ! Também adoro viajar, quero tanto ir a Nova Iorque ..

Beijinho 
http://www.somethingwithsa-ra.blogspot.pt

Joana Rodrigues diz:

Que fotos lindas! Adorei o post!

Que lindo, quero muito visitar… mas parece que estamos em tempo de guerra infelizmente!

maria diz:

Ainda bem que optaste por Ghent! A cidade e fantastica. Eu recomendo a toda a gente. A praça do Sablon em Bruxelas e outra joia q muita gente nao conhece. Viste a lojadas gravatas por tras da Grand Place?

Adorei o post. Fui a Bruxelas e a Bruges há cerca de 2 anos e amei simplesmente. Dói-me o coração só de pensar no que aconteceu ontem. Tenho tão boas recordações destas cidades. É curioso que também gostei de Bruxelas por ser relativamente pequena, pacata, um bom local para passear e talvez viver. Tudo isto me deixou sem palavras.

http://flylikeaballerina.blogspot.pt/