A minha relação com os saldos

26

Jul

Daniela Monteiro

compras, saldos

Ao longo dos anos, e os saldos tivemos uma relação conturbada. Atualmente, embora ainda goste de ver e aproveitar uma ou outra promoção, as coisas mudaram bastante, e hoje trago-vos algumas das dicas que eu própria sigo Smile

Preço sobre percentagem. É muito fácil chamar a nossa atenção com uma percentagem escrita em fundo vermelho nas lojas, e por vezes não nos apercebemos propriamente do desconto. É importante ter em conta o preço, por exemplo, um desconto de 15% pode ser significativo numa peça mais cara mas fazer pouca diferença numa que já é, a preço normal, bastante acessível. Por isso, agora prefiro fazer as contas e perceber quanto estou exatamente a poupar, sem me deixar iludir pelas percentagens.tumblr_o7jrzqv0yb1togy5qo1_500

Acessórios! Além de serem tamanho único, o que nos poupa a dificuldade de encontrar o nosso tamanho (já todas passamos por isso!), é também onde conseguimos muitas vezes poupar mais. É uma boa altura especialmente para renovar a mala ou cinto em mau estado Wink

Kits de beleza. É frequente as marcas de cosmética realizarem saldos em conjuntos de vários produtos, e normalmente são oportunidades que nos permitem poupar imenso. No entanto, é preciso ter atenção àquilo que vem no kit, e ver se não estamos a comprar coisas que não precisamos/não vamos usar.

Listas. É aquela dica que a maioria de nós já ouviu, mas dá algum trabalho e acaba por ficar de lado. A melhor maneira de aproveitar os saldos é de facto ir fazendo uma lista daquilo que, no nosso dia a dia, verificamos que faz falta, e procurar especificamente o mesmo na época de saldos. É possível que fiquem surpreendidas por ver “tshirt cinzenta lisa”, “collants” e “soutien x” na lista… Eu fiquei! São coisas que à partida pensamos ter, por serem básicas, mas nem sempre estão lá e acabam por limitar os nossos looks.

E vocês, adoram a época de saldos ou são mais como eu e só vêem o que precisam? Smile  Beijinho, dani

imagem: tumblr.com

Deixe aqui o seu comentário!

Boas dicas. Sem dúvida que muitas acabamos por comprar o que não nos faz falta, o que muito provavelmente quase nunca vamos usar, simplesmente pelo desconto, que às vezes afinal até nem era assim tanto. Há que ter “muita cabeça” nesta época e não agir por impulso, que é o que acaba por acontecer com a maioria das pessoas.

http://flylikeaballerina.blogspot.pt/2016/07/my-outfits-14.html