3 mudanças no workout

4

Ago

Daniela Monteiro

exercício, saúde

O exercício físico, quando praticado corretamente, é super estimulante! Nada dá mais energia e motivação, mas tal só é possível quando gostamos do nosso “treino”, quando nos desafia e não nos aborrece. Se sentem que caíram numa rotina e precisam de refrescar o vosso exercício, aqui ficam algumas sugestões!

Um peso diferente. Aumentar e/ou mudar os pesos que usamos é um ótimo upgrade. Ao aumentar, estamos a exigir mais de nós próprios e, portanto, a criar músculo, que quando feito com o devido cuidado se traduz em força e boa postura! Por outro lado, mudar por exemplo os pesos típicos para um kettle bell, discos ou bolas medicinais permite executar exercícios diferentes dos habituais, trabalhando desta forma diferentes zonas do corpo. Esta é uma boa forma de não sobrecarregar certos grupos de músculos, o que entre outras consequências prejudica a nossa postura e pode causar dor.tumblr_oa3ijzWOAr1tfe282o1_1280

Ar livre. Se frequentam o ginásio e gostam de praticar cardio como bicicleta e passadeira, simplesmente levem-nas lá para fora! O ar livre aumenta de imediato a dificuldade, sendo necessário controlar melhor a respiração, fazer constantes alterações de percurso e velocidade e adaptarmo-nos a subidas e descidas inesperadas. Caso já pratiquem exercício ao ar livre, experimentem um sítio novo e desconhecido, que vos desafie! Estamos no verão e a praia é um ótimo desafio para a corrida. Para tornar a experiência mais divertida, um companheiro é sempre bem-vindo Wink

Circuito em velocidade. Gosto muito mais de exercícios dinâmicos, que me mantenham em movimento e trabalhem o equilíbrio, relativamente aos típicos e (a meu ver) aborrecidos levantamentos repetitivos de peso e abdominais. A minha estratégia preferida é mesmo escolher uma mão cheia de exercícios e, em vez de repetir várias séries seguidas do mesmo, alterno constantemente e o mais rápido possível! Exemplo: 2min de burpees, 1min de flexões, 2min de agachamentos com peso, 2min de bicicleta (abdominais); 5 a 10 segundos de descanso entre eles, e repetir! Podemos fazer inúmeras combinações, e é super motivador verificar que cada vez precisamos de menos tempo para descansar e mais para continuar. Além disso, acabo sempre cansada – mas bem disposta!

‘Bora lá sair da rotina? Partilhem nos comentários como mantêm o vosso exercício interessante Smile Beijinho, dani

Deixe aqui o seu comentário!

Maria G diz:

Ai, ai… que esta foto assusta um bocado a mim que todos os anos acho que vou começar a correr, mas depois já passa a caminhadas rápidas e frequentes, depois menos frequentes… Mas lá me fico por alguns abdominais e flexões.