Testei | Garnier Ambre Solaire Autobronzeador

2

Ago

Daniela Monteiro

testei

O que a Garnier diz

A sua fórmula é ligeiramente colorida para controlar a aplicação. Natural Bronzer hidrata douradamente a sua pele e dá lhe rapidamente um bronzeado uniforme, resplandecente de naturalidade.

A minha experiênciabronze4

Começando pelo início, tal como a maioria dos autobronzeadores, o ingrediente chave deste é a dihidroxiacetona (DHA) e, tal como a maioria, desenvolve o típico cheiro de autobronzeador umas horas após a aplicação. Não sei se é provocado por este ingrediente, suponho que sim, mas de qualquer forma incomoda-me, pelo que prefiro aplicar à noite e tomar duche de manhã.bronze5

A aplicação não é difícil, mas também não é a mais fácil. Tendo consistência de creme, não é tão fácil de espalhar como uma mousse ou gel. A cor é um branco ligeiramente rosado que, quanto a mim, não ajuda minimamente a controlar as zonas que têm ou não o produto, até porque é rapidamente absorvido. Posto isto, foi preciso um cuidado extra na aplicação, e mesmo assim não conseguia ter certeza se apliquei de forma homogénea.

A cor desenvolve relativamente depressa, cerca de 6h após aplicação já conseguia ver diferença. E foi no dia seguinte que reparei nas infelizes marcas, que podem ver abaixo.

bronze1

Já usei várias vezes autobronzeador, tenho sempre o cuidado de esfoliar e hidratar previamente e, embora nem sempre tenha um resultado 100% homogéneo, nunca tinha ficado com marcas tão notáveis. O facto de não conseguir controlar bem a aplicação (uma vez que a cor do creme é impercetível na pele) é sem dúvida o fator que mais contribuiu para este resultado, mas é também de chamar a atenção que a marca aconselha a “aplicar todos os dias até atingir o tom desejado”. Isto é a descrição de um autobronzeador gradual, o que na minha opinião não é o caso, uma vez que não tenho a pele muito clarinha, já tinha aliás feito alguns dias de praia, e obtive esta intensidade logo após uma aplicação. Neste sentido, senti sinceramente que o produto não foi de encontro às expectativas.

bronze2

Felizmente estas foram as marcas mais notáveis, e desvaneceram ao fim de dois dias. O bronzeado não é demasiado laranja , ainda durou cerca de uma semana, e logo após a aplicação notei de facto a pele hidratada, pelo que está super aprovado nesse sentido! Para melhorar, sugeria aumentar a concentração de pigmento na fórmula, para que seja possível ver onde estamos a aplicar. E, se quiserem um resultado subtil e/ou tiverem pele clara, esperem para ver os resultados da primeira aplicação antes de aplicar logo no dia seguinte!

No geral, não é propriamente um produto a rejeitar da minha parte, mas ainda tem espaço para melhorar. Usarei este ano, mas acredito que no próximo não volte a comprar – a menos que mudem a fórmula! haha

E vocês, já usaram? Beijinho, dani

Deixe aqui o seu comentário!

Ana diz:

Eu usei há cerca de uma semana e não tive o problema das manchas durante a aplicação, que até foi fácil para mim e deixou a minha pele num tom uniforme e natural. Mas cerca de 3 dias depois, quando a cor começou a desvanecer (apliquei só duas vezes), comecei a ficar com algumas manchas na pele… Vai ficar escondido na prateleira dos “nãos” por enquanto Razz

Maria G diz:

Olá! Eu já usei o autobronzeador da NIVEA e dei-me bem. Não tive prolemas com a aplicação, nem manchas! Smile

Concordo contigo em relação às manchas.Por essa mesma razão nunca me atrevi a utilizá-lo no rosto…