Apresentando a Categoria: Séries

How to get away with murder

4

Fev

Camila Bento

Séries

howtogetawaywithmurderHouve uma altura em que via imensas séries… Muitas mesmo! Entretanto, acabou Gossip Girl, 90210, The Lying Game, e outras tantas… Cansei-me de outras, como Anatomia de Grey (por favor, aquela série sem a Yang não é nada!), Pretty Little Liars… Posso ainda dizer que tentei começar a ver outras séries – Orange Is The New Black ( comecei por gostar muito, mas acabei por deixar de acompanhar), The Affair (vi dois episódios e achei uma seca)…

Com tudo isto quero dizer que há algum tempo que não encontrava uma série que realmente me convencesse! O caso mudou de figura quando, na semana passada, comecei a ver How to Get Away With Murder. No domingo já tinha visto todos os episódios desta recente série e agora estou em pulgas para que sejam lançados novos!

A Viola Davis faz um verdadeiro papelão como professora (Professora Annalise Keating) na universidade de Direito, onde leciona a cadeira de Direito Criminal, à qual gosta de chamar “How to Get Away With Murder” e a série desenrola-se à volta dos casos que defende, em conjunto com os seus alunos, em especial Michaela, Wes, Laurel e Connor.

Se ainda não conhecem, têm mesmo de ver! Smile Mais alguém por aí se deixou conquistar pela série? 

 

Estreias à minha medida

22

Out

Daniela Monteiro

Séries

Confesso que não vejo uma telenovela há anos, mas ver uma série ao fim de semana é algo que já se tornou hábito. Infelizmente, não tenho tido muito (ou nenhum) tempo para o fazer ultimamente, mas ainda assim não deixo de ficar entusiasmada por saber que algumas das minhas séries favoritas já têm nova temporada!

Dexter

Depois de ficar órfão assistindo à morta de mãe, aos 4 anos, Dexter foi adotado por Harry Morgan, um polícia que trabalha para o departamento de Miami Dade. Harry reconheceu desde cedo o comportamento anormal de Dexter e as suas tendências homicidas, e decidiu guiá-lo no sentido de, em vez de controlar o seu incontrolável “passageiro negro”, escolher as suas vítimas seguindo um determinado código. Assim, em “Dexter” seguimos a vida do mesmo, um psicopata assassino em série de outros assassinos. Esta é a oitava e última temporada, pelo que estou ansiosa para ver qual será o final, até porque me parece muito difícil evitar um final demasiado previsível ou, então, desapontante. Para quem vê: o que acham que acontecerá? Nada de spoilers, por favor!

Sob Suspeita

“You are being watched. The government has a secret system, a machine that spies on you every hour of every day. I know because I built it. I designed the machine to detect acts of terror but it sees everything. Violent crimes involving ordinary people, people like you. Crimes the government considered “irrelevant.” They wouldn’t act, so I decided I would. But I needed a partner, someone with the skills to intervene. Hunted by the authorities, we work in secret. You’ll never find us, but victim or perpetrator, if your number’s up… we’ll find *you*.” Esta é a narração que abre todos os episódios da série, e penso que a resume na perfeição. É uma série envolvente, que transparece bom gosto cinematográfico (na minha opinião leiga, claro está). Se ainda não viram, aconselho-vos a darem uma espreitadela! Confesso que o Jim Caviezel torna a série ainda mais agradável Wink

Vêem alguma destas séries? Quais são as estreias de Outubro que esperavam/esperam? Smile

Beijinho, dani

As “minhas” séries

27

Jan

Camila Bento

pessoal, Séries

Há uns dias perguntava-me o seguinte: Camila, como é que ainda não fizeste um post acerca das séries que vês? Passado um bocadinho, lá estava eu à procura de algumas fotografias, que me parecessem representar bem a série, e, claro, a escrever este mesmo post.

Não há nada melhor do que partilhar este género de interesses pessoais, até porque foi com artigos e opiniões de outras bloggers e amigas, que comecei a seguir a maioria destas séries. O que me dizem de, depois de lerem este post, partilharem também comigo as vossas séries preferidas? Smile

sériesRevenge – Revenge conta a história de Emily Thorne,  que na verdade é Amanda Clarke, uma jovem que irá vingar a morte do seu pai. O pai de Amanda foi acusado injustamente de terrorismo e preso quando ela ainda era pequena, sendo que acabou por ser assassinado na prisão. Facilmente podemos perceber que a infância e adolescência dela foram destruídas, mas aos 18 anos é solta do reformatório (não sei é o termo mais adequado, mas…) e recebe uma caixa, de herança do pai, que contém todos os detalhes sobre a verdadeira história por detrás da acusação, assim como todos os detalhes sobre as pessoas que destruíram a sua vida.

Foi super falada no ano 2012, diria mesmo que foi a série revelação do ano passado. Eu fiquei totalmente viciada na série e esperar uma semana por cada episódio já foi difícil, mas ficar praticamente um mês sem ver Revenge (entre dezembro e janeiro) foi bem mais difícil! A série encontra-se na 2ª temporada.

90210 – Esta série tem uma temática totalmente diferente! É uma série destinada a um público mais jovem, contando as peripécies de um grupo de amigos, inicialmente no ensino secundário. A série tem inicio com o primeiro de dia de aulas de Annie e do seu irmão adotado Dixon no West Beverly High. O impacto cultural é enorme em toda a família, já que eles vinham do Kansas e o pai de Annie e Dixon será o diretor do West Beverly High. Com o tempo, os dois irmãos fazem bons amigos, sendo que grande parte deles os vai acompanhar ao longo das temporadas.

É uma série muito soft, mas da qual eu gosto bastante! Comecei a ver no último verão e vi todas as temporadas num instante. Se não estou em erro, a atual 5ª temporada será mesmo a última (se estiver enganada, digam-me, por favor!). E quem vê 90210 tem que confessar: a Naomi é um estrondo!!!

The Lying Game – Tudo começa quando Emma descobre que tem uma irmã gémea. Enquanto que Emma “saltitou” de família de acolhimento em família de acolhimento durante a sua infância e adolescência, Sutton foi adotada por um casal rico e parece ter a vida de sonho de qualquer rapariga. Sutton propõe à sua irmã gémea trocarem de papéis durante alguns dias, para que esta possa procurar informações em Los Angeles sobre a mãe biológica das mesmas. Quando Emma está no lugar de Sutton, percebe que esta lhe escondeu muitos pormenores acerca da sua vida… Depois de muitas peripécias, Sutton recupera a sua identidade e as duas, juntamente com mais alguns amigos, tentam descobrir segredos de família e de outras pessoas à sua volta relacionados com as duas irmãs gémeas.

Comecei a ver esta série por ser da mesma autora de Pretty Little Liars, se bem que, entretanto, me fartei desta última. A 2ª temporada começou no mês de janeiro e gostei imenso do início.

Glee – Com muita música à mistura, Glee é uma série que aborda situações perfeitamente compatíveis com as de jovens da realidade. O clube Glee, um clube escolar, pretende ser uma espécie de apoio para jovens que passam por situações constrangedoras e que dificilmente se conseguem defender. É com a música que os jovens obtêm sucesso e há uma grande evolução ao longo das temporadas.

Nunca segui religiosamente Glee, mas tenho visto todos os episódios desta 4ª temporada. Gosto imenso de algumas das novas personagens, Jake Puckerman (que tem uma voz fantástica, mesmo), Dean Geyer (colega da Rachel em NY e “giro nas horas”) e a Marley (doce, boa pessoa e com uma grande voz, também). Chamem-me de crianças, mas acho mesmo piada a Glee e graças à série, fiquei a adorar a música Everybody talks.

Gossip Girl – Gossip Girl foi durante anos um verdadeiro fenómeno mundial entre os adolescentes. Não porque nos revemos nas personagens a nível monetário e social, mas porque todos os jovens têm pontos em comuns, quanto mais não sejam os problemas amorosos. Certo? A série tem início com o regresso de Serena, uma “It girl” do colégio que desapareceu misteriosamente e decidiu ir para um colégio longe de Upper East Side. Queen B, Blair, é a sua melhor amiga, mas ao longo das temporadas podem ser vistas como rivais, principalmente por questões amorosas. Ao longo de toda a série, serão acompanhadas pelo bad boy Chuck  Bass e o golden boy Nate, sendo estes dois melhores amigos e Nate o namorado de  Blair por vários anos. A este grupo acaba por se juntar também Dan Humphrey, um rapaz pobre (comparativamente aos outros, claro) e solitário, que se irá apaixonar por Serena. E ao longo da série acontecem tantas coisas e voltam a acontecer outras, que só mesmo visto é que se compreende.

Gossip Girl acabou no mês de Dezembro e eu adorei o final. A série estava mesmo a precisar de um fim, pois, como é normal, já se começava a tornar repetitiva. Embora não consiga compreender tantas trocas de namoros e namoricos na série, acho que é uma série que, de algum modo, nos marca. E graças a ela fiquei mega fã da Blake Lively (que inveja boa, é lindaaaa! e aquele cabelo?!).

Recentemente, voltei a ver The Vampire Diaries e esta é uma série que conseguiu surpreender-me. A 3º temporada terminou de uma forma muito empolgante e na 4º temporada temos Damon (o Ian Somerhalder é lindo) e Elena como par, o que por si promete ser fantástico.

Também comecei a ver “The Carrie Diaries”, da qual já vos falei e “Hart of Dixie” na última semana  e fica para falar num próximo post! Smile

O post acabou por ficar mais extenso do que aquilo que esperava, mas espero que tenham gostado e que partilhem como os vossos interesses a nível de séries! Smile

“The Carrie Diaries”

16

Jan

Camila Bento

Séries

The Carrie Diaries” estreou, nos Estados Unidos, na passada segunda-feira. Esta série baseia-se na lendária série “Sex  and the City” e contando a história de Carrie, durante a sua chegada a Nova Iorque, na passagem da fase adolescente para a idade adulta. Li que a estreia da série teve pouca audiência, mas mantenho-me curiosa, sobretudo porque já me disseram que vale a pena ver. A protagonista da série é representada por AnnaSophia Rob, que eu adorei ver no filme “Soul Surfer”. Mais uma razão para querer ver a série! Hoje vou começar a ver e, mais tarde, irei dar a minha opinião!

Já começaram a ver ou estão a pensar ver? Smile

the-carrie-diaries-big-poster