Apresentando a Categoria: triquini

O biquíni certo para cada tipo de corpo

12

Jul

Camila Bento

biquini, triquini, verão

Não é a primeira vez que vos falo de biquínis para cada tipo de corpo, mas é bom ir atualizando este tema, até porque nem todas vocês seguem o blog há muito tempo. Organizei o post pelas caraterísticas de vários tipos de corpos, o que vos permitirá verem quais são os biquínis que mais vos favorecem.

(imagem: H&M)

Peito grande: Para disfarçar ou valorizar o peito grande há que ter atenção, não só ao modelo da parte de cima, como também ao estampado que esta tem. As alças largas são uma melhor escolha, comparativamente às alças largas. Devem dar preferência aos biquínis com formato triangular e não os cai-cai, mas se acharem que o vosso peito é descaído e necessita de sustento, escolham um modelo com armação. Relativamente aos padrões e cores, escolham cores sóbrias e os soutiens devem ser lisos ou com padrões discretos. Se as cuecas do biquíni forem chamativas, a atenção recairá menos para o peito.

Peito pequeno: Quem tem o peito pequeno deve fazer exatamente o contrário. É importante escolher biquínis com cores vivas e padrões, com flores, por exemplo. As partes de cima triangulares almofadas e/ou com efeito push-up darão ilusão de um peito maior, mas os os biquínis cai-cai almofadados são também uma boa opção, assim como os soutiens que têm folhos. Se o biquíni for triângulo, deem preferência a alças finas.

Ancas e rabo grandes: Nesta situação há que dar preferência a cores mais escuras e sem padrões. As riscas horizontais, por exemplo, poderão agravar a situação. Escolham cuecas menos cavadas e com a parte lateral mais larga.

Ancas e rabo pequenos: Os triquínis poderão ser uma escolha segura. Se preferirem biquínis, escolham cuecas que se atem de lado, com cores fortes e, de preferência, com padrões.

Pernas grandes: As riscas horizontais são uma boa solução, ao contrário das riscas verticais, visto que as últimas alongam a silhueta. Não escolham cuecas muito subidas, já que isso dará uma ilusão de pernas ainda maiores.

Barriga proeminente: Os fatos de banho acabam por ser a melhor solução e desengane-se quem pensa que não existem fatos de banho super giros! Caso preferiram um biquíni, escolham um daqueles biquínis mais subidos.

Consegui ajudar-vos a escolher o biquíni ideal? Espero que sim! Smile

Depilação púbica

25

Mar

Daniela Monteiro

biquini, esfoliação, pele, pêlos, saúde, triquini, verão

A remoção dos pêlos púbicos é uma preocupação tanto masculina como feminina. As razões podem ser estéticas mas, na verdade, a procura de um método de depilação nesta zona tem muitas vezes fundamentos higiénicos.

É segura?

A depilação da linha de bikini, para além de ter uma possibilidade acrescida de levar a pêlos encravados (foliculites), não apresenta mais perigo do que depilar as pernas. No entanto, alguns ginecologistas (não todos) defendem que a depilação completa, na qual é removido todo o pêlo, incluindo a zona dos lábios, pode tornar a zona, já de si sensível, mais vulnerável a infeções, pois os pêlos protegem e regulam a flora vaginal. Não existe uma opinião dominante sobre o assunto, pelo que é desaconselhada a depilação completa a quem apresenta um historial de infeções e, obviamente, deve ser abandonada caso haja o desenvolvimento de infeções ou outras doenças, devido à depilação.

Quais os métodos?

Os métodos mais recomendados são a lâmina, cera e laser, por ordem de durabilidade crescente. Na linha do bikini, caso a pessoa tenha elevada tolerância à dor, pode ser utilizada uma epiladora.

Tumblr_m0xp5rffj41rrpvovo1_500_large

É importante saber que o corte dos pêlos com lâmina não os faz crescer mais rápido, grossos, ou que provoque sempre pêlos encravados. Eis algumas dicas para uma boa depilação com lâmina:

  1. Usar boas lâminas e gel de depilação.
  2. Cortar o pêlo com uma tesoura cuidadosamente.
  3. Tomar um banho quente.
  4. Secar bem a área (toalha e papel higiénico).
  5. Aplicar o gel (em último recurso, pode ser usado condicionador de cabelo).
  6. Esticar bem a pele.
  7. Deslizar a lâmina no sentido do crescimento do pêlo, aplicando uma ligeira pressão.
  8. No final, aplicar uma loção ou óleo adequado à zona púbica.
  9. De preferência, a depilação não deve ser feita logo ao acordar, pois o corpo pode acumular fluidos durante a noite que causam inchaço; quando o inchaço desaparecer, o pêlo ficará mais exposto.

Quando a depilação é feita com cera, são válidos todos os cuidados acima, embora a cera (ou a banda) deva ser puxada no sentido contrário ao crescimento do pêlo e não é utilizado gel de depilação ou lâminas. É também importante esfoliar a pele uma semana a 4 dias antes e depois da depilação, e seguidamente realizar a esfoliação frequentemente. Embora a depilação da linha do bikini a cera possa ser feita em casa de forma relativamente segura, devo recomendar severamente que a depilação completa seja feita com um profissional (esteticista) devidamente competente, num salão com todas as condições de higiene e opções disponíveis aos clientes.

Não me alongo quanto aos cuidados da depilação com cera ou a laser, pois essa informação deve ser-vos dada por profissionais e, de preferência, posta em prática pelos mesmos.

Beijinho, dani